Quinto Fábio Pictor (pretor em 189 a.C.)

Quinto Fábio Pictor foi um pretor em 189 a.C., foi indicado para governador da Sardenha e Córsega, mas não pode assumir o cargo pois era flâmine quirinal (flamen Quirinalis). Tentou renunciar, mas foi impedido pelo Senado. Morreu em 166 a.C..[1][Nota 1]

FamíliaEditar

De acordo com William Smith, ele era provavelmente filho do historiador Quinto Fábio Pictor,[1] filho de Caio Fábio Pictor, cônsul em 269 a.C..[2] O cognome Pictor (pintor) vem de seu bisavô,[3] Caio Fábio Pictor,[4] que, apesar de pertencer a uma família que teve vários cônsules, sumo pontífices e vários triunfos, se distinguiu por pintar um muro de um templo.[5]

CarreiraEditar

Em 189 a.C.,[1] no ano do consulado de Marco Fúlvio Nobilior e Cneu Mânlio Vulsão, Pictor, que já era flâmine quirinal, foi eleito pretor.[6] Os cônsules decidiram sortear quem governaria cada província, e a Sardenha e Córsega foi sorteada para Pictor.[7] Públio Licínio, o pontífice máximo (pontifex maximus), impediu Pictor de ir para seu novo comando, pois ele tinha que cumprir funções sagradas em Roma. Após um longo debate, os argumentos religiosos prevaleceram, e o flâmine Quirinal foi obrigado a se submeter ao pontífice máximo. Pictor, o pretor, tentou renunciar, mas foi impedido pelo Senado.[8]

Ele morreu em 166 a.C.,[Nota 1] no ano do consulado de Marco Cláudio Marcelo e Caio Sulpício Galo, enquanto ainda era flâmine quirinal.[9]

HerdeiroEditar

De acordo com William Smith, ele provavelmente foi o pai de Sérvio Fábio Pictor, reconhecido como jurista.[10]

Notas e referências

Notas

  1. a b O texto de William Smith traz 167 a.C. como o ano de sua morte, mas este ano não é o ano do consulado de Marcelo e Galo.

Referências

  1. a b c William Smith, 6. Q. Fabius Pictor [em linha]
  2. William Smith, 5. Q. Fabius Pictor
  3. William Smith, 2. C. Fabius Pictor
  4. William Smith, 1. C. Fabius Pictor
  5. Valério Máximo, Factorum dictorum memorabilium, Livro VIII, Capítulo 14 O amor da glória. Exemplos romanos, 6 {{fr}} {{la}}
  6. Tito Lívio, História de Roma,37.47 [em linha]
  7. Tito Lívio, História de Roma,37.50
  8. Tito Lívio, História de Roma,37.51
  9. Tito Lívio, História de Roma,45.44 [em linha]
  10. William Smith, 7. Ser. Fabius Pictor