Rabesáris

Rabesáris, rabsáris ou rabe-sáris (em hebraico: רַב-סָרִיס , lit. "Chefe dos Oficiais") era um título de altos oficiais assírios e babilônicos, em acádio escrito como rab ša rēš (šarri), "chefe dos servidores (reais)", aparecendo em textos assiro-babilônicos como referência a um administrador superior e oficial da corte próximo do rei.[1] Não necessariamente eram eunucos.[1][2] Esse título aparece inalterado sem tradução na Bíblia hebraica (em hebraico: רַב מָג ;רַב־סָרִיס; romaniz.: rab-sārîs)[1] como nomes ou títulos de dois soldados que serviram aos seus grandes impérios:

Em Daniel 1:3, Aspenaz é dito "chefe dos oficiais" da corte, o que equivale ao título de Rabesáris.[2]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c d Wiseman, D. J. (1979). «Rabsaris». In: Bromiley, Geoffrey W. The International Standard Bible Encyclopedia (em inglês). [S.l.]: Wm. B. Eerdmans Publishing. ISBN 978-0-8028-3784-4 
  2. a b Spiegelberg, Wilhelm (1971). «Rab-Saris and Rab-Mag». Encyclopaedia Judaica 16. Consultado em 23 de fevereiro de 2020 
  3. 4 (2) Reis 18:17. Douay-Rheims Bible and Vulgate, http://www.newadvent.org/bible/2ki018.htm
  4. 2 Reis 18:17
  5. «Easton's Bible Dictionary (1897)/Rabsaris - Wikisource, the free online library». en.m.wikisource.org. Consultado em 23 de fevereiro de 2020 
  6. Jeremias 39:13

Leitura adicionalEditar

  • Fenton, T. L. (1971). Saris, Rab-Saris. 5. Jerusalém: Encyclopaedia Biblica. pp. 1126–1127