Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2014). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
"Rebolation"
Single de Parangolé
do álbum Dinastia Parangoleira
Lançamento 2009
Formato(s) Digital download
Gravação 2009
Gênero(s) Pagode
Duração 3:22
Gravadora(s) Universal Music
Composição Adriano Nenél e Léo Santana[1]

Rebolation é um single lançado pelo grupo brasileiro de pagode Parangolé no final de 2009 pela gravadora Universal Music.[2]

A canção alcançou as paradas da Billboard Brasil na 5ª posição, além do 1º e 2º lugar nas rádios de Salvador e Porto Alegre, respectivamente. Chegou a ser usada em alguns programas como uma espécie de prenda.[3][4]

Nos idos de 2010 e 2011 a canção ganhou repercussão nacional, principalmente nas mídias televisivas.[5] Em 2010, o grupo entrou para o Guinness Book, o livro dos recordes, ao colocar 100 mil pessoas para dançarem o hit, num festival em Salvador. O acontecimento teve transmissão ao vivo no Programa do Gugu.[6]

Posições nas tabelas musicaisEditar

Tabela musical Melhor
posição[2]
  Brasil - Brasil Hot 100 Airplay 5
  Brasil - Brasil Hot Popular 4
  Portugal - AFP[7] 4

Fenómeno em PortugalEditar

O sucesso da canção em Portugal deve-se principalmente ao empresário da noite João Vaz, que numa incursão profissional no Brasil para procura de novos talentos descobriu o potencial da música no ritmo 3-4-4-2 e a importou para Portugal.

A banda chegou a ser cabeça de cartaz em festivais de Verão só com o sucesso da música Rebolation, visto que todo o restante reportório da banda é desconhecido em terras lusas.

Os representantes da Banda em Portugal desconhecem a influência de João Vaz no sucesso dos Parangolé em Portugal e este não foi tido em conta nos cachés de representação da banda no tour que efectuou em Portugal em 2010.

Apesar de não receber crédito por isso, João Vaz prefere continuar anónimo e não entrar em disputas legais por algo com o qual ele não se identifica, como ele próprio diz "Não é isso que me move, trabalho por amor à música."

Notas e referências

  1. «Rebolation». beat98. Consultado em 21 de março de 2010 
  2. a b «Brasil Hot 100 Airplay». Billboard Brasil. Brasil: BPP. Abril de 2010. 80 páginas 
  3. «Cláudia tem que pagar prenda e dança». Big Brother Brasil 
  4. «Sobre Dilma, o MST e o 'rebolation'». Jornal do Basil 
  5. «Dançarino dá aula de rebolation a colegas no "BBB11"». Folha de S. Paulo 
  6. «Léo do Parangolé põe 100 mil para dançar o Rebolation». R7 
  7. «TOP OFICIAL DA ASSOCIAÇÃO FONOGRÀFICA PORTUGUESA». afp. Consultado em 7 de outubro de 2010