Regiões da Argentina

Regiões geográficas da Argentina:
  Cuyo
  Pampas
  Antártida e ilhas do Atlântico Sul
.

As províncias da Argentina são muitas vezes agrupadas em oito regiões geográficas.[1]

RegiõesEditar

Do oeste ao leste e do norte ao sul, estas são:

No entanto, existem diferentes abordagens para as regiões argentinas. Os Pampas são freqüentemente separados em Pampa úmida e Pampas secas, e às vezes em Llanura Pampeana e Sierras Pampeanas. Outras análises geográficas incluem outras regiões definidas, sendo Comahue e Chaco Central entre as mais comuns.

Independentemente do sistema de regiões utilizado, algumas províncias são compartilhadas por mais de uma região. Por exemplo, o sudoeste de Santiago del Estero às vezes é considerado parte da área Sierras, ou até mesmo a "Pampa úmida", enquanto a parte sul de La Pampa é chamada às vezes de "Pampa seca" e incluída na Patagônia. Finalmente, La Rioja às vezes é considerada parte da região de Cuyo em vez do Noroeste.

Finalmente, a parcela da Antártida reivindicada pela Argentina é conhecida como Antártida Argentina, na qual se encontravam várias bases argentinas.

regiões estendidasEditar

Ver tambémEditar

Geral:

BibliografiaEditar

  • Menutti, Adela; Menutti, María (1980). Geografía Argentina y Universal (em espanhol). Buenos Aires: Edil 

Referências

  1. «Regiones Geográficas». Consultado em 5 de agosto de 2015