República de Tamrash

Mapa da República de Tamrash.
A República de Tamrash está indicada com o número dois no mapa.

República de Tamrash (em búlgaro: Тъмръшка република, Tǎmrǎška republika), também chamada de República Pomaca, foi uma estrutura administrativa autônoma de curta duração dos pomacos (búlgaros muçulmanos). Tratou-se da tentativa de organização separatista dos pomacos da região de Tămrăš, nas montanhas dos Ródopes centrais, após a instituição pelo Congresso de Berlim em 1878 de dois Estados sob os territórios da atual Bulgária: o Principado da Bulgária e a Rumélia Oriental. Esta entidade política compreendendo entre 17 a 21 "aldeias rebeldes" непокорните села, transliteração internacional nepokornite sela), existiu entre 1878 e 1886.[1]

A república sobreviveu até 1886, quando a Rumélia Oriental foi incorporada na Bulgária.[2]

Ver tambémEditar

Referências

  1. O contexto histórico mencionado neste artigo é descrito pela obra coletiva como a seguinte: (em búlgaro) Д. Косев, Хр. Христов, Н. Тодоров, Д. Ангелов и др., "История на България", Том 7, София, 1991. Sur la République de Tǎmrǎš en tant que telle, cf. (em búlgaro) Хюсеин Мехмед, Помаците и торбешите в Мизия, Тракия и Македония, София, 2007 Arquivado em 2 de fevereiro de 2011, no Wayback Machine. (Husein Mehmed, Pomacite i torbešite v Mizija, Trakija i Makedonija = Les Pomaks et les Torbeš en Mysie, Thrace et Macédoine), Sofia, 2007
  2. Olga Demetriou (2013). «The Politics of Genealogy». Capricious Borders: Minority, Population, and Counter-Conduct Between Greece and Turkey. [S.l.]: Berghahn Books. p. 92