Abrir menu principal

Repino (São Petersburgo)

Repino no mapa de São Petersburgo em 2006
Hotel Repinskaya em Repino

Repino (em russo: Ре́пино) é um assentamento municipal no distrito de Kurortny, na cidade federal de São Petersburgo, Rússia, e uma estação da ferrovia de Riihimäki–São Petersburgo. Era conhecida por seu nome finlandês Kuokkala até 1948, quando foi renomeado após o seu habitante mais famoso, Ilya Repin. Está localizada a aproximadamente 30 quilômetros a noroeste de São Petersburgo propriamente dita,[1] no Istmo da Carélia na margem do Golfo da Finlândia. População: 2 478 (censo de 2010);[2] 2 011 (censo de 2002);[3] 4 215 (censo de 1989).[4]

O assentamento é conhecido pela propriedade Penate de Repin e por seu sanatório.

HistóriaEditar

No início do século XX, Repino (então Kuokkala) estava localizada no Grão-Ducado da Finlândia, uma parte do Império Russo. Pouco depois da Revolução de Outubro de 1917, a Finlândia declarou sua independência da União Soviética. Quando o Istmo da Carélia foi cedido pela Finlândia à União Soviética após a Guerra de Inverno e a Guerra da Continuação (1939-1944), Kuokkala tornou-se russa. Em 1948, foi renomeada como Repino em homenagem ao pintor Ilya Repin.[1]

PenatesEditar

 
A casa de Ilya Repin chamada "Penate"

Em 1899, Repin comprou uma propriedade aqui e a chamou de Penate (em russo: Пенаты, em alusão aos Penates, deuses do lar romanos). Ele projetou sua própria casa, e depois de ter sido construída vários anos depois, Repin mudou-se para Kuokkala. Ele moraria lá até sua morte em 1930. A casa está rodeada por um grande parque.

É parte do Patrimônio Mundial da UNESCO conhecido como São Petersburgo e Grupos de Monumentos Relacionados.[5] A propriedade tem sido um museu desde 1940.[6]

Habitantes FamososEditar

Referências

  1. a b Repino: Zu Gast beim großen Meister (em alemão) Petersburg-Aktuell, "Repino: Zu Gast beim großen Meister"], página visitada em 13 de junho de 2017.
  2. «Всероссийская перепись населения 2010 года. Том 1» [Censo da população de Todas as Rússias em 2010, vol. 1]. Всероссийская перепись населения 2010 года (Censo da população de Todas as Rússias em 2010). Serviço de Estatísticas do Estado Federal da Rússia. 2011. Consultado em 13 de junho de 2017 
  3. «Численность населения России, субъектов Российской Федерации в составе федеральных округов, районов, городских поселений, сельских населённых пунктов – районных центров и сельских населённых пунктов с населением 3 тысячи и более человек» [População da Rússia, seus Distritos Federais, Subdivisões Federais, Distritos, Localidades Urbanas, Localidades Rurais — Centros Administrativos e Localidades Rurais com População com mais de 3000 habitantes] (XLS). Всероссийская перепись населения 2002 года (Censo da população de Todas as Rússias em 2002). Serviço de Estatísticas do Estado Federal da Rússia. 21 de maio de 2004. Consultado em 13 de junho de 2017 
  4. «Всесоюзная перепись населения 1989 г. Численность наличного населения союзных и автономных республик, автономных областей и округов, краёв, областей, районов, городских поселений и сёл-райцентров» [Censo da População da União Soviética em 1989: População atual da União e Repúblicas Autônomas, Oblasts Autônomos e Okrugs, Krais, Oblasts, Distritos, Assentamentos Urbanos e Vilas Servindo como Centros Administrativos Distritais]. Всесоюзная перепись населения 1989 года [Censo da população da União Soviética em 1989]. Институт демографии Национального исследовательского университета: Высшая школа экономики (Instituto de Demografia da Universidade Nacional de Pesquisa: Escola Superior de Economia). Consultado em 13 de junho de 2017 
  5. Unesco World Heritage Site Saint Petersburg and Related Groups of Monuments, página visitada em 13 de junho de 2017.
  6. Info on the museum "Penates", página visitada em 13 de junho de 2017.
  7. Pachmuss, Temira (1992). A moving river of tears: Russia's experience in Finland. 15. [S.l.]: P. Lang. p. 173. ISBN 9780820419565 

Ligações externasEditar