Resolução 99 do Conselho de Segurança das Nações Unidas

Small Flag of the United Nations ZP.svg
Resolução 99
do Conselho de Segurança da ONU
Data: 12 de agosto de 1953
Reunião: 618
Código: (sem código) ([1] Documento)

Votos:
Prós Contras Abstenções Ausentes
Assunto: Tribunal Internacional de Justiça
Resultado: Aprovada

Composição do Conselho de Segurança em 1953:
Membros permanentes:

 República da China
 França
 Reino Unido
 Estados Unidos
 União Soviética

Membros não-permanentes:
 Chile
 Colômbia
 Dinamarca
 Grécia
 Líbano
 Paquistão

Resolução 99 do Conselho de Segurança das Nações Unidas, foi aprovada em 12 de agosto de 1953, observando que o juiz Sergei Golunsky tinha apresentado a sua demissão, devido à sua saúde precária e a vaga estaria livre no Tribunal Internacional de Justiça, o Conselho decidiu que uma eleição iria preencher a vaga durante a oitava sessão da Assembleia Geral.

O presidente do Conselho anunciou que, na ausência de qualquer objeção, a resolução iria ser aprovada.

Ver tambémEditar

ReferênciasEditar

  1. «S/RES/99(1953)». undocs.org. Consultado em 25 de agosto de 2021 

Ligações externasEditar