Richard Thomalla
Obersturmführer Richard Tomalla, arquiteto dos campos de extermínio da Operação Reinhardt
Nascimento 23 de outubro de 1903
Sowin
Morte 12 de maio de 1945 (41 anos)
Jičín
Cidadania Alemanha
Ocupação engenheiro civil, engenheiro, torturador, político
Causa da morte fuzilamento

Richard Thomalla (Annahof, Alta Silésia, Alemanha, 23 de outubro de 1903Jičín, 12 de maio de 1945) foi um arquiteto e oficial das SS nazistas, responsável pela construção dos campos de extermínio durante o holocausto na Segunda Guerra Mundial.[1]

Thomalla foi membro do Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães (NSDAP), com o número 1.238.872 e das SS, com o número 41.206. Foi o construtor dos três campos de Bełżec, Sobibor e Treblinka, que operaram na Operação Reinhardt. No caso de Bełżec a construção foi iniciada em 1 de novembro de 1941 e foi finalizada em março de 1942.

Thomalla foi capturado pelos soviéticos no final da guerra e fuzilado pelo NKVD (Serviço Secreto Soviético) em Jičín, Checoslováquia, em 12 de maio de 1945.

BibliografiaEditar

  • Ernst Klee: Das Personenlexikon zum Dritten Reich: Wer war was vor und nach 1945. Fischer-Taschenbuch-Verlag, Frankfurt am Main 2005. ISBN 3-596-16048-0

Referências

  1. Klee, Ernst, Dressen, Willi, Riess, Volker The Good Old Days: The Holocaust as Seen by Its Perpetrators and Bystanders, p. 231. ISBN 1-56852-133-2.