Rio Senne

O Senne (em francês) ou Zenne (neerlandês), é um pequeno rio de 103 km de extensão que atravessa a cidade de Bruxelas, afluente esquerdo do Dyle. Sua nascente fica no município de Soignies. É um tributário indireto do rio Escalda, através do Dyle e do Rupel. O Woluwe é um dos afluentes do Senne.

Senne
Comprimento 103 km
Nascente Soignies
Altitude da nascente 123 m
Foz Dyle
Área da bacia 1164 km²
País(es)  Bélgica
O Senne em Rebecq.

No seu curso médio, na região de Bruxelas, o Senne atravessava zonas húmidas, dividindo-se em vários braços que definiam ilhas. Situadas no limite de navegabilidade do rio, essas ilhas, pelas condições de defesa que asseguravam, foram decisivas para o aparecimento do núcleo original de Bruxelas no século X.

Rio canalizadoEditar

 
Planta atual do centro de Bruxelas com indicação dos vários braços do Senne em 1837, antes do encanamento

No centro de Bruxelas, entre 1867 e 1871, os vários braços do Senne foram canalizados para galerias subterrâneas e grandes avenidas foram construídas sobre ele no século XIX e início do século XX.

O Senne tinha a má fama de ser um dos rios mais poluídos da Bélgica, visto que todos os efluentes domésticos e industriais da Grande Bruxelas eram despejados nele sem tratamento. Este problema só foi solucionado em março de 2007, com a conclusão das novas estações de tratamento de esgoto.

A associação Fou de la Senne[1] procura dar a conhecer a história deste rio e trazê-lo novamente à superfície no centro de Bruxelas.

A história dos esgotos da cidade de Bruxelas está ilustrada no interessante Museu dos Esgotos[2], localizado na Porta de Anderlecht, sobre um dos braços encanados do rio.

O rio ainda flui à superfície nos arrabaldes de Bruxelas e fora da cidade. O Canal Bruxelas-Charleroi e o Canal marítimo Bruxelas-Escalda correm paralelos ao Senne durante uma parte do seu percurso a montante a jusante da cidade de Bruxelas.

CuriosidadesEditar

  • A iris dourada tornou-se símbolo da região de Bruxelas por ser endêmica nas planícies alagadas em torno do rio.
  • Senne também é um prenome holandês, derivado de Sebastian.

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

Notas e Referências

  1. «Fou de la Senne». Consultado em 17 de fevereiro de 2008. Arquivado do original em 7 de janeiro de 2007 
  2. Musée des égouts[ligação inativa]
  Este artigo sobre hidrografia em geral é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.