Abrir menu principal
Rio Sirinhaém
Rio sirinhanhém.jpg

Rio no município de Sirinhaém

Localização
País
Localização
Sirinhaém (d)Visualizar e editar dados no Wikidata
Coordenadas
Dimensões
Comprimento
158 km
Hidrografia
Tipo
Nascente
Afluente
principal
Riachos Seco, Tanque de Piabas, Várzea Alegre e do Sangue, rios Amaraji, Camaragibe, Tapiruçu, Cuiambuca e Sibiró e córrego Sabiá
Foz

O rio Sirinhaém é um curso de água que banha o sudeste do estado de Pernambuco, no Brasil.[1]

LocalizaçãoEditar

Sua bacia, segundo a divisão hídrica governamental, corresponde à Unidade de Planejamento Hídrico UP4[1], e está situada nas geocoordenadas 08º 16’ 05” e 08º 44’ 50” de latitude sul, e 35º 01’ 00” e 35º 47’ 58” de longitude oeste na cidade de Sirinhaém, limitando-se ao norte com a bacia do rio Ipojuca (UP3) e diversas pequenas bacias de rios do Litoral, 3 - GL3 (UP16), ao sul com a bacia do rio Una (UP 5) e o grupo de bacias de pequenos rios litorâneos 4 - GL4 (UP17), a leste com o oceano Atlântico e os grupos de bacias GL3 e GL4, e aoeste com a bacia do rio Una.[1]

DescriçãoEditar

O rio nasce no município de Camocim de São Félix, e sua extensão é de cerca de 158 quilômetros, com sentido noroeste-sudeste, sendo o principal curso de água da sua bacia. Atravessa ainda as sedes municipais de Cortês e Gameleira. Seus afluentes mais importantes são: na margem esquerda, os riachos do Sangue e o rio Amaraji - entre todos considerado o afluente mais importante - Camaragibe, Tapiruçu e Sibiró; e, na margem direita, os riachos Seco, Tanque de Piabas e Várzea Alegre, Córrego Sabiá e rio Cuiambuca.[1]

ToponímiaEditar

"Sirinhaém" é um termo oriundo da língua tupi e significa "prato de siri", através da junção de siri (siri) e nha'em (prato).[2]

Referências

  1. a b c d Secretaria de Recursos Hídricos (Data desconhecida). «Bacia do Rio Sirinhaém». sítio www.sirh.srh.pe.gov.br. Consultado em 20 de Março de 2012. Arquivado do original em 8 de maio de 2009  Verifique data em: |data= (ajuda)
  2. Vocabulário tupi-português das lições. Disponível em http://www.fflch.usp.br/dlcv/tupi/vocabulario.htm. Acesso em 7 de novembro de 2012.
  Este artigo sobre hidrografia do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.