Roberto Giovanni F. Roberti

Roberto Giovanni F. Roberti (Monte San Giusto, 23 de dezembro de 1788 - Roma, 7 de novembro de 1867) foi um cardeal do século XIX.

Roberto Giovanni F. Roberti
Cardeal da Santa Igreja Romana
secretário de memoriais
Atividade eclesiástica
Diocese Diocese de Roma
Nomeação 17 de dezembro de 1859
Predecessor Chiarissimo Falconieri Mellini
Sucessor Luigi Vannicelli Casoni
Mandato 1859 - 1867
Ordenação e nomeação
Cardinalato
Criação 30 de setembro de 1850
por Papa Pio IX
Ordem Cardeal-diácono
Título Santa Maria em Domnica (1850-1863)
Santa Maria dos Mártires (1863-1867)
Dados pessoais
Nascimento Monte San Giusto
23 de dezembro de 1788
Morte Roma
7 de novembro de 1867 (78 anos)
Nacionalidade italiano
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Nascimento

editar

Nasceu em Monte San Giusto em 23 de dezembro de 1788. De uma antiga família nobre. Filho do Conde Giovanni Roberti.[1]

Educação

editar

(Nenhuma informação encontrada).[1]

Ordens sagradas

editar

(Nenhuma informação encontrada). Ele nunca foi ordenado sacerdote. Secretário de Giuseppe Bofondi, auditor da Sagrada Rota Romana e futuro cardeal. Aiutante di studio de Zacchia, auditor da Sagrada Rota Romana, 1829. Conselheiro no Secondo Turno da congregação civil da Câmara Apostólica, 1832-1837. Referendário prelado, 6 de novembro de 1837. Eleitor do Tribunal da Assinatura Apostólica de Graça, 1838. Tenente e vice-presidente do Secondo Turno do tribunal civil da Câmara Apostólica, 1839-1841. Tenente e vice-presidente do tribunal penal da Câmara Apostólica, 1842. Delegado apostólico em Perugia, 1843-1844. Subsecretário de Estado da Administração Interna, 11 de fevereiro de 1845. Protonotário apostólicoparticipation , 1845. Auditor geral da Câmara Apostólica, 1845-1849. Suplente da secretaria da Administração Interna do Estado, 1845-1846. Ministro da Graça e Justiça, 1847 a 10 de março de 1848. Membro da Comissão Governamental do cardeal Castruccio Castracane degli Antelminelli, dezembro de 1848 a janeiro de 1849. Pró-presidente de Roma e seu distrito, 1849-1850.[1]

Cardinalado

editar

Criado cardeal diácono no consistório de 30 de setembro de 1850; recebeu o gorro vermelho e a diaconia de S. Maria em Domnica, 3 de outubro de 1850. Presidente de Roma e sua região, 1855-1860. Secretário de Petições e Memórias, 17 de dezembro de 1859. Optou pela diaconia de S. Maria ad Martyres, 16 de março de 1863. Ele e o cardeal Giacomo Antonelli foram os primeiros cardeais que viajaram de trem.[1]

Morreu em Roma em 7 de novembro de 1867. Exposto na igreja de S. Maria em Vallicella, Roma; o funeral ocorreu em 10 de novembro de 1867 com a participação do Papa Pio IX, e sepultado, conforme seu testamento, na igreja de Ss. Giovanni e Paolo, Roma [1]

Referências

  1. a b c d e «Roberto Giovanni F. Roberti» (em inglês). cardinals. Consultado em 30 de novembro de 2022