O Rus-M foi um projeto de lançador proposto que deveria se tornar o principal veículo de lançamento da Rússia para voos espaciais tripulados após 2018, e seria parte integrante da futura Orel, uma nave tripulada em desenvolvimento para substituir a Soyuz.

O Rus-M estava sendo desenvolvido pela TsSKB-Progress, a partir de 2009. O programa foi interrompido em outubro de 2011,[1] reiniciado em 2012 e por fim cancelado em agosto de 2015.[2]

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Replacement for Soyuz rocket canned by Russia». Spaceflight Now. 7 de outubro de 2011. Consultado em 19 de outubro de 2019 
  2. «РКЦ "Прогресс": проект ракеты "Русь-М" окончательно закрыт». RIA Novosti. 18 de agosto de 2015. Consultado em 19 de outubro de 2019 

Ligações externasEditar