São Jader

São Jader, Jader de Midila ou São Jader de Sigum, foi um bispo da Numídia. Ele é citado na obra Sobre o Batismo de Santo Agostinho, no livro VII, capítulo IX, como segue:[1][2]

16 - Jader de Midila disse: Sabemos que há um só batismo na Igreja Católica e, portanto, não devemos admitir um herege, a menos que ele fora batizado em nosso corpo, mas não se foi batizado fora da Igreja Católica.

17 - para ele, a nossa resposta é que, se isto fosse dito daqueles homens injustos que estão fora da rocha, certamente seria dito falsamente e assim, é também no caso dos hereges.

São Jader teria sido condenado à escravidão nas pedreiras de mármore em Sigum como punição por ser cristão, junto com um grande número de clérigos e leigos. Trabalhou até à morte, por volta do ano 257. Sua memória é celebrada em 10 de setembro.[3]

Referências

  1. Saint Augustine (Bishop of Hippo.) (1872). The Works of Aurelius Augustine: A New Translation. T. & T. Clark. p. 203.
  2. St. Augustin. On Baptism, Against the Donatists. OrthodoxEbooks. p. 884.
  3. «Saint Jader of Sigum». CatholicSaints.Info (em inglês). 9 de dezembro de 2017. Consultado em 8 de julho de 2020