Abrir menu principal

São Martinho de Mouros

freguesia de Resende, Portugal
Portugal Portugal São Martinho de Mouros 
  Freguesia  
Igreja de São Martinho de Mouros
Igreja de São Martinho de Mouros
Localização
Localização no concelho de Resende
Localização no concelho de Resende
São Martinho de Mouros está localizado em: Portugal Continental
São Martinho de Mouros
Localização de São Martinho de Mouros em Portugal
Coordenadas 41° 06' 19" N 7° 53' 47" O
País Portugal Portugal
Concelho RSD.png Resende
Administração
Tipo Junta de freguesia
Presidente António Lucas Ferreira (PS)
Características geográficas
Área total 14,67 km²
População total (2011) 1 495 hab.
Densidade 101,9 hab./km²
http://www.smmouros.freguesias.pt

São Martinho de Mouros é uma freguesia portuguesa do concelho de Resende, com 14,67 km² de área e 1 495 habitantes (2011). A sua densidade populacional é 101,9 hab/km².

Foi sede de concelho entre 1121 e 1855. Era constituído pelas freguesias da sede, Barrô, Fontoura e Paus. Em 1801 tinha 5 503 habitantes e em 1849 tinha 6 122.

A freguesia de S. Martinho de Mouros é das mais antigas do actual concelho e também das mais ricas em História, em tradições e em belezas paisagísticas. Fica quase toda na encosta da margem direita do rio Bestança, a caminho do Douro que a limita a norte.

Desde o rio, preso lá no fundo, até à Fonte da Mesa nas Meadas a 1.122 metros de altitude, o território é extremamente acidentado, cheio de penhascos e cabeços e, lá mais no alto a penedia é tão bela e tão estranha que parece incomodar o firmamento e dizer a quem a vê que, por entre aquelas figuras arrogantes e esquivas, há heróis, há bruxas ou gigantes de outras eras.

No que respeita à direção da freguesia, esta teve 4 presidentes de junta:

- "Nené" Ribeiro (PPD-PSD);

- António Azevedo (PPD-PSD);

- Fernando Pereira (PS);

- António Lucas Ferreira (PS).

PopulaçãoEditar

População da freguesia de São Martinho de Mouros [1]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
1 993 2 272 2 501 2 479 2 616 3 022 2 882 3 048 3 098 3 010 2 926 2 592 1 943 1 738 1 495
Distribuição da População por Grupos Etários
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 292 250 862 334 16,8% 14,4% 49,6% 19,2%
2011 202 166 778 349 13,5% 11,1% 52,0% 23,3%

Média do País no censo de 2001: 0/14 Anos-16,0%; 15/24 Anos-14,3%; 25/64 Anos-53,4%; 65 e mais Anos-16,4%

Média do País no censo de 2011: 0/14 Anos-14,9%; 15/24 Anos-10,9%; 25/64 Anos-55,2%; 65 e mais Anos-19,0%

PatrimónioEditar

ToponímiaEditar

A terra devia chamar-se inicialmente S. Martinho, nome que lhe vem por certo do patrono da igreja e da paróquia. O apelido "de Mouros" é muito posterior. Foi acrescentado e deve ligar-se à Reconquista Cristã.

Nos princípios do século XI, já morto o terrível Almançor, conseguiram as tropas Cristãs reconquistar definitivamente aos Mouros as terras das margens do Douro, desde a Foz até Aregos e Resende, na margem esquerda. Foram os Gascos da linhagem de Ribadouro e antepassados de Egas Moniz, não sendo de excluir também a presença e a acção do rei Ramiro II de Leão entre nós. Não esquecer o facto importante da chegada de muitos familiares, e serviçais da família de Egas Moniz, vindos de Córdova. Uma parte da sua família descendia dos Califas árabes desta cidade. Já convertidos ao Cristianismo, misturaram-se normalmente com os nativos locais. Daí certamente o termo, "de Mouros".

S. Martinho porém, pertencendo à área militar de defesa mourisca de Lamego continuou por libertar até meados desse século. Nessa altura, como a terra ainda era dos Mouros, terão as populações começado a chamar a S. Martinho "de Mouros"? É o que tudo indica.

Também há quem pense que lhe chamaram "de Mouros" depois dos Mouros terem saído de cá. O Pe. João da Cruz Rodrigues, pároco de S. Martinho nos meados do século XVIII, respondendo às Inquirições Paroquiais, disse que o nome ou lhe vinha "de ter sido habitada antigamente pelos Mouros, ou da barbaridade dos costumes dos seus habitantes, porque (eram) de ordinário, soberbos e altivos".

DesportoEditar

CDRC S. Martinho de Mouros

Atitudes Traquinas Associação Desportiva

Referências

  1. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.