Abrir menu principal
Sacramento Blake
Nome completo Augusto Victorino Alves Sacramento Blake
Nascimento 2 de novembro de 1827
Salvador
Morte 24 de março de 1903 (75 anos)
Rio de Janeiro
Nacionalidade  Brasileiro
Ocupação Médico; escritor
Assinatura
Sacramento Blake signature.png

Augusto Victorino Alves Sacramento Blake (Salvador, 2 de novembro de 1827Rio de Janeiro, 24 de março de 1903) foi um médico e escritor brasileiro. Foi poeta, biógrafo e historiador.

VidaEditar

Filho de José Joaquim do Sacramento Blake e Maria Alves Blake. Formado em medicina pela Faculdade de Medicina da Bahia 1850.

CarreiraEditar

Trabalhou como médico de campanha na Guerra contra Oribe e Rosas, em 1851, e na Guerra do Paraguai.

Estimulado por D. Pedro II e Rui Barbosa, escreveu seu famoso dicionário, contendo, em sete volumes, a biografia de centenas de brasileiros da época.

PublicaçõesEditar

  • Dois casamentos (1846)
  • Deus e o homem (1848)
  • A Febre Epidêmica na Bahia (1849)
  • Ateneu (1849)
  • Reflexões sobre a saudade, considerada uma moléstia d'alma e dando causa a uma série de afecções patológicas (1849)[1]
  • Do ácido arsenioso como succedâneo do sulfato de quinino nas febres intermitentes (1851)
  • Bando anunciador dos festejos do dia dois de julho na cidade de Santa Isabel do Paraguassu (1855)
  • A rainha do baile a Dona E. M. (1861)
  • Conselhos contra a Cólera-Morbus epidêmica (1861)
  • Estudos militares (1863)
  • Dicionário Bibliográfico Brasileiro (7 Volumes, publicados no período 1883 — 1902)[nota 1]

AcadêmicoEditar

Notas e referências

Notas

  1. O Dicionário Bibliográfico Brasileiro é considerado sua obra-prima, sendo elogiado por Pedro Calmon e Raimundo de Menezes e compilado, em edição condensada em 3 volumes, pelo Dr. Jango fischer e, depois, publicado pela Imprensa Nacional, tendo sido reimpresso em 1970 no Rio de Janeiro pelo Conselho Federal de Cultura.

Referências

  1. Tese de doutoramento em Medicina na Faculdade de Medicina da Bahia.

Ligações externasEditar