Santi Aquila e Priscilla

Santi Aquila e Priscilla é uma igreja titular de Roma localizada na Via Pietro Blaserna, 113, no quartiere Portuense[1]. É dedicada aos santos Áquila e Priscila. O cardeal-presbítero protetor do título cardinalício de Santos Áquila e Priscila é Jaime Lucas Ortega y Alamino, arcebispo de Havana.

Vista da igreja.

HistóriaEditar

 
Detalhe do campanário, que fica num edifício anexo.

Esta igreja é sede de uma paróquia instituída em 5 de novembro de 1971 através do decreto "Neminem fugit" do cardeal-vigário Angelo Dell'Acqua, mas a igreja propriamente dita só foi construída mais de 20 anos depois, com base num projeto do arquiteto Ignazio Breccia Fratadocchi. Ela foi inaugurada pelo cardeal-vigário Ugo Poletti em 10 de maio de 1992 e consagrada pelo próprio papa São João Paulo II em sua visita em 15 de novembro do mesmo ano.

Além disto, ela é sede do título cardinalício de Santos Áquila e Priscila, criado por São João Paulo II em 26 de novembro de 1994.

DescriçãoEditar

 
Detalhe da fachada.

A igreja tem planta perfeitamente circular. A abóbada, bastante baixa, acima do presbitério é mais alta e forma uma grande claraboia. O presbitério propriamente dito é dominado por um quadro representando Nossa Senhora de Guadalupe. No centro está o altar-mor, em mármore claro, com um ambão ao lado. Em posição recuada está um longo banco em mármore para os co-celebrantes e ministrantes com sede presidencial. Lateralmente está a capela do Santíssimo Sacramento iluminada por um vitral colorido. No fundo da igreja, ao lado da entrada principal, está um "berçário".

À esquerda do presbitério, no nível do piso da nave, está um órgão de tubos construído pela Tamburini em 1993[2].

Referências

  1. «Santi Aquila e Priscilla» (em italiano). InfoRoma 
  2. Fronzuto, G. (2007). Organi di Roma. Guida pratica orientativa agli organi storici e moderni (em italiano). Firenze: Leo S. Olschki Editore. p. 41–42. ISBN 978-88-222-5674-4 

Ligações externasEditar