Satanismo teísta

tipo de religião que adora Satã como uma divindade de fato (em oposição a mero símbolo de liberdade)
Portal A Wikipédia possui o
Portal do Ocultismo

O satanismo teísta — também conhecido como satanismo tradicional ou satanismo espiritual —, é uma forma de satanismo onde a crença primária é a de que Satã é de fato uma deidade ou força a ser reverenciada ou adorada.[1] Outras características do satanismo teísta podem incluir a crença em magia manipulada através de ritual, embora esta não seja um critério de definição, podendo somente a adoração ser praticada. Diferentemente do satanismo laveyano, fundado por Anton LaVey em 1966, o satanismo teísta se opõe ao Ateísmo, e crê que Satã é uma divindade real, e não puramente um símbolo de individualismo.

O selo de Lúcifer, usado como símbolo por alguns satanistas teístas

Referências

  1. The Re-enchantment of the West. Partridge, Christopher Hugh. 2004.
  Este artigo sobre religião é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.