Scipione Gonzaga

Scipione Gonzaga
Cardeal da Igreja Católica
Patriarcado Latino de Jerusalém
Atividade eclesiástica
Diocese Patriarcado Latino de Jerusalém
Nomeação 4 de outubro de 1585
Predecessor Dom Giovanni Antonio Cardeal Facchinetti
Sucessor Dom Fabio Biondi
Mandato 1585 - 1588
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 1 de novembro de 1579
por Dom Thomas Goldwell, C.R.
Nomeação episcopal 23 de setembro de 1585
Ordenação episcopal 4 de outubro de 1585
por Dom Innico d'Avalos d'Aragona, O.S.
Nomeado Patriarca 23 de setembro de 1585
Cardinalato
Criação 18 de dezembro de 1587
por Papa Sisto V
Ordem Cardeal-presbítero
Título Santa Maria do Povo
Brasão
Coat of arms of the House of Gonzaga (1433).svg
Dados pessoais
Nascimento Mântua
11 de novembro de 1542
Morte San Martino dall'Argine
11 de janeiro de 1593 (50 anos)
Nacionalidade italiano
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Scipione Gonzaga, em português: Cipião Gonzaga (11 de novembro de 154211 de janeiro de 1593), foi um Cardeal italiano.

BiografiaEditar

Scipione nasceu em Mantua, pertencente ao ramo dos duques de Sabbioneta, da Família Gonzaga. A sua juventude foi passada sob os cuidados do Cardeal Ercole Gonzaga, aprendendo rapidamente grego e Latim. Em Bolonha, e mais tarde em Pádua, estudou matemática e filosofia, Nesta última cidade fundou a Accademia degli Eterei.

Ao longo da sua vida, foi patrono da literatura e de letras. Torquato Tasso procurou o seu conselho sobre o Gerusalemme Liberata, assim como Guarino, que lhe dedicou o seu Pastor Fido.[1]

A casa de Scipione, em Roma, o Palazzo Aragona Gonzaga, era um local de encontro de músicos e intelectuais.

Referências

  1.   Herbermann, Charles, ed. (1913). «Scipione Gonzaga». Enciclopédia Católica (em inglês). Nova Iorque: Robert Appleton Company 
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.