Seawaymax

A classificação seawaymax refere-se às embarcações que dispõem das dimensões máximas permitidas para caberem nas eclusas do Canal de São Lourenço (Saint Lawrence Seaway). As embarcações seawaymax dispõem de um comprimento máximo de 225,6 m (740 pés), uma boca máxima de 23,8 m (78 pés) e um calado máximo de 7,92 m (26 pés).

Cargueiro seawaymax nas Eclusas Eisenhower do Canal de São Lourenço.

Alguns lakers (cargueiros lacustres dos Grandes Lagos) têm dimensões superiores às de seawaymax. Assim, apesar de poderem navegar nos Grandes Lagos, não podem passar para o oceano Atlântico. O tamanho das eclusas do Canal de São Lourenço limita não só o tamanho dos navios que o podem atravessar, mas também a quantidade de carga que podem transportar. O recorde de carga transportada por um navio através do Canal é de 28 502 toneladas de minério de ferro, enquanto que o recorde de carga transportada através da Hidrovia dos Grandes Lagos é de 71 351 toneladas. Contudo, a maioria dos novos lakers são construídos dentro dos limites seawaymax para aumentar a sua versatilidade, permitindo o seu uso fora dos Grandes Lagos.

ReferênciasEditar

  • HAYLER, William B., American Merchant Seaman's Manual, Cornell Maritime Press, 2003
  • ESPARTEIRO, António M., Dicionário Ilustrado de Marinha (reimpressão), Lisboa: Clássica Editora, 2001
  • FONSECA, Maurílio M., Arte Naval (5ª edição), Rio de Janeiro: Serviço de Documentação Geral da Marinha, 1989