Abrir menu principal

A Hora intermédia é uma das horas litúrgicas da Liturgia das Horas.

Destina-se a santificar o decorrer do dia, estando no intermédio das duas horas principais, Laudes (de manhã) e Vésperas (ao fim da tarde).

É formada pelas três horas chamadas “menores”, por terem uma importância menor no contexto da proposta de oração diária e por serem mais simples e breves:

  • Terça ou Tércia, pelas 9h00
  • Sexta, pelo meio-dia
  • Nona ou Noa, pelas 15h00

Trata-se apenas de horas aproximadas. Ao celebrar-se a Hora intermédia, deve escolher-se a hora que mais condiz com o momento da celebração.

Segundo as actuais leis litúrgicas, a Constituição Sacrosanctum Concilium diz que: apenas as comunidades religiosas com obrigação de coro devem celebrar essas três horas. As restantes pessoas podem celebrar apenas uma delas, à hora mais conveniente, recebendo assim esta oração o nome de Hora intermédia. (SC 89-e)

Existia ainda, antes do Concílio Vaticano II, uma outra hora menor: a hora de Prima, celebrada pelas 6h00. Esta hora, por colidir praticamente com a hora de Laudes, foi suprimida pelo Concílio (Sacrosanctum Concilium 89 d)

Esquema da celebração da Hora intermédiaEditar

  • Invocação inicial: Deus, vinde em nosso auxílio… e Glória.
  • Hino.
  • Salmodia: três salmos, ou partes de salmo, com a respectiva antífona. No Tempo Comum, propõe-se uma antífona para cada salmo ou parte de salmo. Nos restantes tempos litúrgicos, assim como nas solenidades, festas e memórias, é apresentada uma só antífona, a ser dita no princípio e no fim de toda a salmodia.
  • Leitura breve, retirada da Bíblia.
  • Versículo, para resposta à leitura.
  • Oração conclusiva, na celebração comunitária proferida pelo presidente.
  • Despedida (V. Bendigamos ao Senhor R. Graças a Deus)

A Liturgia das Horas apresenta apenas um esquema de salmodia para a Hora intermédia em cada dia. Quem desejar rezar mais do que uma das três horas, deve utilizar essa salmodia para uma delas, utilizando para as outras a Salmodia complementar. A Salmodia complementar é um conjunto fixo de nove salmos (Salmos 119 (120) a 127 (128)), organizados em três séries, uma para cada uma das três horas.

Liturgia das Horas
Invitatório Ofício de Leitura Laudes Hora intermédia Vésperas Completas