Abrir menu principal
Oficiais da SD na Polônia em 1941.

Sicherheitsdienst (Serviço de Segurança em português) por extenso ''Sicherheitsdienst des Reichsführers-SS'', melhor conhecida por SD era o setor primário do serviço de inteligência da Schutzstaffel (SS) e do NSDAP. De 1933 até 1939 era administrada pela SS e no começo da Segunda Guerra Mundial passou a ser comandada pelo RSHA - (Reichssicherheitshauptamt, em português Gabinete Central de Segurança do Reich).[1]

Seus membros eram identificados por um losango negro com a sigla "SD" na manga esquerda do uniforme. Todo oficial do Sicherheitsdienst tornava-se automaticamente oficial da polícia. Uma de suas subdivisões era a Gestapo - por se tratar de uma organização secreta, esta não possuía uma insígnia especial, embora seus membros pudessem ocultar-se em uniformes de outras corporações.

Até 1942, o posto de chefe do SD foi ocupado por Reinhard Heydrich; com a morte deste, passou para as mãos de Ernst Kaltenbrunner, que exerceu este cargo até o final da guerra. Foi sentenciado à morte pela forca no Julgamento de Nuremberg, em 1946.

Referências

  1. «The SD (Sicherheitsdienst)». www.jewishvirtuallibrary.org. Consultado em 29 de outubro de 2019 

BibliografiaEditar


  Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.