Sidney Dillon Ripley

Sidney Dillon Ripley II (20 de setembro de 1913 - 12 de março de 2001) foi um ornitólogo e conservacionista da vida selvagem norte-americano. Foi secretário do Smithsonian Institution por 20 anos, de 1964 a 1984, conduzindo a instituição em seu período de maior crescimento e expansão. Por sua liderança no Smithsonian, ele foi premiado com a Medalha Presidencial da Liberdade por Ronald Reagan em 1985.[1]

S. Dillon Ripley, Smithsonian Institution, 1984.jpg

Obras selecionadasEditar

  • The Land and Wildlife of Tropical Asia (1964; Series: LIFE Nature Library)
  • Rails of the World: A Monograph of the Family Rallidae (1977)
  • The paradox of the human condition : a scientific and philosophic exposition of the environmental and ecological problems that face humanity (1975)
  • Birds of Bhutan, with Salim Ali and Biswamoy Biswas
  • Handbook of the Birds of India and Pakistan, with Salim Ali (10 volumes)
  • The Sacred Grove: Essays on Museums (London: Victor Gollancz Ltd, 1969)

Referências

  1. Molotsky, Irvin (13 de março de 2001). «S. Dillon Ripley Dies at 87; Led the Smithsonian Institution During Its Greatest Growth». The New York Times. p. 9 
  Este artigo sobre um(a) biólogo(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.