Abrir menu principal
Sinais bilíngues em Carolina do Norte e Oklahoma.

Em 1819, um homem chamado de Sequoyah inventou um silabário para codificar a língua cherokee, até então puramente oral. A tribo se alfabetizou rapidamente graças à popularidade do sistema.

Em 1825, o governo autónomo da Nação Cherokee adoptou oficialmente este sistema de escrita, e no ano seguinte encarregou a impressão das leis da Nação utilizando o novo silabário.[1] De 1828 a 1834, missioneiros estadunidenses ajudaram aos cherokees a desenvolver tipos móveis com o silabário para produzir o primeiro jornal da tribo, o Cherokee Phoenix, que difundia textos em cherokee e em inglês.[2]

A tabela seguinte contém símbolos dos blocos Unicode "Cherokee" e "Cherokee Supplement". Instale fontes adequadas se necessário.
Vogais →
Consoantes ↓
a
[a]~[ə]
e
[e]~[ɛ]
i
[i]~[ɪ]
o
[o]~[ɔ]
u
[u]~[ʊ]
v
[ə̃]
Ꭰꭰ a Ꭱꭱ e Ꭲꭲ i Ꭳꭳ o Ꭴꭴ u Ꭵꭵ v
g
[ɡ]
Ꭶꭶ ga • Ꭷꭷ ka Ꭸꭸ ge Ꭹꭹ gi Ꭺꭺ go Ꭻꭻ gu Ꭼꭼ gv
h
[h]
Ꭽꭽ ha Ꭾꭾ he Ꭿꭿ hi Ꮀꮀ ho Ꮁꮁ hu Ꮂꮂ hv
l
[l]
Ꮃꮃ la Ꮄꮄ le Ꮅꮅ li Ꮆꮆ lo Ꮇꮇ lu Ꮈꮈ lv
m
[m]
Ꮉꮉ ma Ꮊꮊ me Ꮋꮋ mi Ꮌꮌ mo Ꮍꮍ mu Ᏽᏽ mv[nota 1]
n
[n]
Ꮎꮎ na • Ꮐꮐ nah • Ꮏꮏ hna Ꮑꮑ ne Ꮒꮒ ni Ꮓꮓ no Ꮔꮔ nu Ꮕꮕ nv
qu
[kʰw]
Ꮖꮖ qua Ꮗꮗ que Ꮘꮘ qui Ꮙꮙ quo Ꮚꮚ quu Ꮛꮛ quv
s
[s]
Ꮝꮝ s • Ꮜꮜ sa Ꮞꮞ se Ꮟꮟ si Ꮠꮠ so Ꮡꮡ su Ꮢꮢ sv
d/t
[d]/[t]
Ꮣꮣ da • Ꮤꮤ ta Ꮥꮥ de • Ꮦꮦ te Ꮧꮧ di • Ꮨꮨ ti Ꮩꮩ do Ꮪꮪ du Ꮫꮫ dv
tl
[t͡ɬ]
Ꮬꮬ dla • Ꮭꮭ tla Ꮮꮮ tle Ꮯꮯ tli Ꮰꮰ tlo Ꮱꮱ tlu Ꮲꮲ tlv
ts
[t͡s]~[d͡ʒ]
Ꮳꮳ tsa Ꮴꮴ tse Ꮵꮵ tsi Ꮶꮶ tso Ꮷꮷ tsu Ꮸꮸ tsv
w
[ɰ]
Ꮹꮹ wa Ꮺꮺ we Ꮻꮻ wi Ꮼꮼ wo Ꮽꮽ wu Ꮾꮾ wv
y
[j]
Ꮿꮿ ya Ᏸᏸ ye Ᏹᏹ yi Ᏺᏺ yo Ᏻᏻ yu Ᏼᏼ yv

Notas e referências

Notas

  1. Este símbolo é arcaico e não se utiliza na língua moderna.

Referências

  1. Davis, John B. (Junho de 1930). The Life and Work of Sequoyah. Chronicles of Oklahoma. 8. [S.l.: s.n.] Arquivado do original em 28 de outubro de 2017 
  2. «Sequoyah». New Georgia Encyclopedia