Abrir menu principal

Wikipédia β

Sisaurano

Sisaurano (Sisauranon) foi uma fortaleza persa localizada alguns quilômetros da cidade-fortaleza de Nísibis, na Mesopotâmia Superior, na província sassânida de Arbaistão.

HistóriaEditar

Em 541, no estágio inicial da Guerra Lázica, o general bizantino Belisário e seus soldados foram capazes de capturar facilmente Sisaurano, que estava despreparada para um cerco. Sua queda provocou pânico entre os soldados do Cosroes I (r. 531–579), obrigando-o a deixar uma guarnição em Petra, em Lázica, e partir para seus territórios.[1] Quando os bizantinos entraram na cidade não lesaram os habitantes cristãos e de origem romana, mas levaram os persas e seu comandante Blesquames para Constantinopla, bem como arrasaram o circuito de muralhas da fortaleza.[2]

No outono de 589, o mestre dos soldados do Oriente Comencíolo mobilizou suas tropas e conduziu uma invasão na região de Bete-Arábia (Beth-Arabaye), próximo de Nísibis. Os bizantinos sob Comencíolo e Heráclio, o Velho foram confrontados por tropas persas lideradas por Afraates em Sisaurano, onde conseguiram uma vitória decisiva.[3]

Referências

  1. Greatrex 2002, p. 108; 171.
  2. Procópio 2014, p. 113.
  3. Greatrex 2002, p. 171.

BibliografiaEditar

  • Greatrex, Geoffrey; Lieu, Samuel N. C. (2002). The Roman Eastern Frontier and the Persian Wars (Part II, 363–630 AD). Londres: Routledge. ISBN 0-415-14687-9 
  • Procópio (2014). H. B. Dewing, ed. The Wars of Justinian. Indianápolis, Indiana: Hackett Publishing. ISBN 1624661726