Sistema coletor de secreção

O Sistema coletor de secreção é um equipamento usado na área da saúde,destinado à coleta de secreção corpórea. Utilizado em procedimentos como sondagem nasogástrica.

IndicaçãoEditar

 
Componentes do Sistema coletor de secreção: Frasco coletor (1) transparente, graduado e atóxico; Graduação volumétrica (2); Tampa (3) com vias (torres) para conexão dos tubos, rosca e anel de vedação interna; Alça de transporte (4); Tubo de extensão (5) para conexão com a sonda de aspiração ou endoscópio; Conector cônico (6) para conexão com o tubo de aspiração do vácuo hospitalar; Tubo interno (7); Etiqueta de identificação (8).

O Sistema coletor de secreção é tecnicamente desenvolvido para a coleta por aspiração de amostra(s) de secreção(ões) corpórea(s).

Na especialidade médica de Endoscopia digestiva é destinado a coleta de secreções do sistema digestório.

Na Broncoscopia o Sistema coletor de secreção é destinado para a coleta de secreções e lavado brônquico com o auxílio do broncoscópio.

Na especialidade médica da Medicina Intensiva é destinado a coleta de secreção corpórea por aspiração das vias aéreas com sonda de aspiração.

Na Especialidade de Cirurgia torácica é principalmente destinado a coleta de líquido pleural.

ComponentesEditar

  • Frasco coletor (1) transparente, graduado e atóxico
  • Graduação volumétrica (2)
  • Tampa (3) com vias (torres) para conexão dos tubos, rosca e anel de vedação interna
  • Alça de transporte (4)
  • Tubo de extensão (5) para conexão com a sonda de aspiração ou endoscópio
  • Conector cônico (6) para conexão com o tubo de aspiração do vácuo hospitalar
  • Tubo interno (7)
  • Etiqueta de identificação (8)

Componentes do refilEditar

  • Frasco coletor (1) transparente, graduado e atóxico
  • Graduação volumétrica (2)
  • Tampa (3) simples, sem torres, com rosca e anel de vedação interna
  • Etiqueta de identificação (8)

Observação: O Frasco coletor (1) refil somente deverá ser utilizado para a coleta de amostra de secreções corpóreas do mesmo local anatômico.

Portanto, deverá ser utilizado um novo Sistema coletor de secreção quando for necessária a coleta de amostra de local anatômico diferente.

Instruções de usoEditar

 
O Sistema coletor de secreção é um equipamento usado na Medicina destinado à coleta de secreção corpórea.

O Frasco coletor (1) deve ser examinado antes da utilização, se certificando do correto ajuste da Tampa (3) e das conexões de montagem.

A coleta do material deve ser realizada com técnica asséptica de acordo com as normas hospitalares de proteção individual do operador.

Instruções de montagemEditar

Na montagem do Sistema coletor de secreção, o Tubo de extensão (5) deve ser conectado ao endoscópio (broncoscópio) ou a sonda de aspiração.

E o tubo de aspiração do vácuo hospitalar deve ser conectado ao Conector tubular cônico (6).

Instruções de desmontagemEditar

Na desmontagem, após a aspiração da secreção corpórea, desconecte o Tubo de extensão (5) do endoscópio ou da sonda de aspiração.

Desligue o vácuo hospitalar.

Observe que, o tubo de aspiração do vácuo hospitalar deve ser desconectado juntamente com o Conector tubular cônico (6) que deve ser destacado da Tampa (3).

Instruções de fechamentoEditar

Para fechar o Sistema coletor de secreção, a extremidade livre do Tubo de extensão (5) deve ser conectada à via lateral da Tampa (3) do Frasco coletor (1), fechando-o de modo asséptico.

Identificação do Frasco coletor (1)Editar

A Etiqueta de identificação (8) deverá ser preenchida e colada ao Frasco coletor (1) com as seguintes informações:

  • Identificação do hospital
  • Identificação do paciente
  • Informações relativas à amostra coletada (por exemplo: qualidade, quantidade, local anatômico, etc.)

Cuidados com a amostraEditar

Verifique e anote a qualidade, quantidade e local anatômico onde a secreção corpórea foi colhida.

A secreção corpórea colhida, ou o lavado brônquico, sofre alteração com o passar do tempo. Portanto, o Sistema coletor de secreção com a amostra colhida deve ser encaminhado ao laboratório para análise no prazo máximo de 60 minutos, relacionando os exames a serem realizados pelo laboratório de análise clínica.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.