sk8 (site)

(Redirecionado de Sk8.com.br)

O sk8.com.br foi um site brasileiro sobre a prática de skate. O nome "Sk8" é pronunciado "sk" + "eight" ("oito", em inglês), mesma pronúncia em inglês da palavra "skate".

sk8.com.br
Slogan Skate Brasileiro na Internet
Proprietário(s) Uriel Baesso do Prado
Rangel Rodrigues dos Santos
Requer pagamento? Não
Gênero Portal
Cadastro Não necessita cadastro
País de origem  Brasil
Idioma(s) Português
Lançamento 8 de junho de 2000 (20 anos)
Endereço eletrônico sk8.com.br
Projeto Skate  • Portal do Skate
Criança andando de skate.

HistóriaEditar

OrigemEditar

Foi um dos primeiros sobre o tema no país, tendo alcançado popularidade por mostrar skatistas jovens iniciantes e o skate feminino na Internet, além de uma ampla divulgação desse esporte. Segundo a ESPN, é "um dos sites de skate mais acessados do Brasil".[1] O site também oferece serviços como entretenimento, entrevistas,[2] arte, música, cultura e ONGs relacionadas ao skate.

2000Editar

O site foi criado em 8 de junho de 2000[3] na cidade de São Paulo, pela iniciativa de três amigos: Uriel Baesso do Prado, Rangel Rodrigues dos Santos e Pedro de Luna.[1] Caracterizava-se pelo emprego de ferramentas com recursos dinâmicos, como chat em formato 3D, páginas em estilo de blog, jogos de skate, papéis de parede em 3D, entre outros. Em 21 de agosto de 2000 o caderno "Folhateen", do jornal Folha de S. Paulo deu uma nota sobre o site, chamando-o de "revista eletrônica",[4] o caderno "MegaZine", do jornal O Globo, publicou um texto mencionando o site.[5] No mesmo ano fez a cobertura do evento Vans Vert Pro Skate Contest que aconteceu em 21 de setembro de 2000 no Parque do Ibirapuera, em São Paulo.[6][7]

2004Editar

Em 26 de julho de 2004 o site e toda a equipe de colaboradores foram reformulados, com isso, retornou com um layout simples, apenas para divulgar o skate. Em 29 de outubro de 2006 Uriel e Rangel reataram para um novo site.

2006Editar

O site faz dicionário de skate,[8] para esclarecimento e compreensão de termos utilizados pelas pessoas ligadas a esse movimento.

2007Editar

Em abril de 2007 o Sk8 lançou a assinatura de carteira de trabalho para os skatistas e a marca FreeDay, em junho do mesmo ano, registrou os primeiros skatistas, com direito a um salário mensal e a outros benefícios.[9]

2008Editar

Em 2008 o site, ONGs, Confederação Brasileira de Skate e skatistas, num total de vinte pessoas relacionadas ao skate, discutiram políticas em relação à importância do Governo Federal em relação ao skate brasileiro. Nessa mesma reunião deu-se importância ao Bolsa Atleta.

Nesse mesmo ano, Pedro de Luna escreveu o roteiro de uma história em quadrinhos sobre skate, para uma edição do Almanaque Maluquinho que também continha histórias sobre outros esportes.[10]

2009Editar

Na Oi Megarrampa de 2009 o site foi convidado pela Oi Acontece para fazer a cobertura.

2010Editar

Em 2010 o site completou uma década no ar.[1]

PrêmiosEditar

  • O site concorreu em 2002 ao prêmio iBest,[11] ficando entre os "Top 10" na categoria "Pessoal Esportes".

Videografia no skateEditar

  • Participou do programa de televisão Almanaque, na Globo News, em uma matéria de trinta minutos.
  • Em 16 de agosto de 2010 o programa Login, da TV Cultura, na edição Skate e Cubo Mágico indicou o site como referência para mundo do skate.[12]

PúblicoEditar

Público de todas as idades que se relacionam com skate e suas culturas. As publicações possuem classificação livre a todas idades.

MissãoEditar

Segundo os editores, em seu atual projeto editorial, o site dedica-se a proporcionar ao leitor informações e entretenimento a tudo que é relacionado à cultura do skate, em nome da divulgação e fortalecimento do esporte no mundo, como matérias feitas em outros países e em todo território nacional.

Referências

  1. a b c Independente, site Sk8 completa uma década no ar, "ESPN", Sidney Arakaki, 06 de setembro de 2010.
  2. Sk8.com.br entrevista Jay Alves, 9 de novembro de 2009
  3. "Sk8.com.br, amor ao carrinho e a Internet", Revista CemporcentoSKATE número 116, 01 novembro de 2007, pág. 102
  4. "Nas bancas", "Folhateen", Folha de S.Paulo, pág. 14, 21 de agosto de 2000.
  5. "Portos seguros para os navegantes", "MegaZine", O Globo, 19 de setembro de 2000, pág. 15]
  6. Suicídio controlado, Skate, Carlos Sarli, 21 de setembro de 2000.
  7. Suicídio Controlado, impresso na Trip (revista), 21 de setembro de 2000.
  8. Dicionário Sk8, 9 de setembro de 2006.
  9. Skatista profissional na carteira de trabalho, 28 de junho de 2007.
  10. Editora Globo. in: Almanaque Maluquinho
  11. Anuário iBEST 2002 Brasil, TOP 10, iBEST Company, volume III, número 14, pág. 131
  12. Skate e Cubo Mágico, Programa 101, bloco 1, 16 agosto de 2010.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre Skate (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.