Abrir menu principal
Sommerschield

Sommerschield é um bairro de Maputo, capital de Moçambique. Está situado no distrito municipal de KaMpfumo.

Juntamente com a Polana, é considerado um bairro nobre dentro da cidade, onde reside a população com os maiores rendimentos.[1] Concentra a maior parte das embaixadas na cidade[2]. Em 1994, a densidade populacional no bairro era inferior a 93 hab/ha[3].

HistóriaEditar

O bairro foi nomeado a partir do médico norueguês Oscar Somerschield, o qual havia andado pela África do Sul e pela África Central antes de se instalar como concessionário de uma grande gleba de terras da então Lourenço Marques (hoje Maputo). Ele se tornou proprietário de uma quinta que foi batizada com o seu apelido de família e nela estabeleceu sua residência e clínica particular. A casa da Quinta de Somerschield, situada nas proximidades da Ponta Vermelha, acabou atalhoada e as terras da concessão, vendidas por Somerschield para a Delagoa Bay Lands Syndicate, Ltda. em 1903.[4] Posteriormente, ocorreram as obras de parcelamento e urbanização que deram origem a um bairro residencial a partir de 1960.

Áreas verdesEditar

Das áreas verdes de Sommerschield as mais expressivas são: o Parque dos Continuadores, onde é realizada a FEIMA - Feira de Artesanato, Flores e Gastronomia de Maputo, e o Jardim dos Cronistas[5].

Referências

  1. MENDES, Maria Clara. "Maputo antes da Independência"
  2. Observador 17/11/2016: Empresário raptado em bairro nobre da capital moçambicana
  3. MUCHANGOS, Aniceto dos. "Cidade de Maputo: aspectos geográficos"
  4. MENDONÇA, Lisandra Ângela Franco de. Conservação da Arquitetura e do Ambiente Urbano Modernos: a Baixa de Maputo, Universida de Coimbra
  5. Jardim dos Cronistas