A Soyuz B (Soyuz 9K), foi um dos projetos apresentados por Sergei Korolev como parte do Complexo Lunar (Soyuz A-B-V) em 1962.[1]

Soyuz B (9K)
Soyuz-B Lunar complex drawing.jpg
A Soyuz B, conceito de 1963.
Origem
País  União Soviética
Operação
Projeto de Sergei Korolev.
Tipo de missão
Versão específica para transporte espacial
Características físicas
Altura 7,40 m
Diâmetro 2,72 m
Massa 5.900 kg

Esse componente do complexo, era uma espécie de "rebocador espacial", basicamente um motor com sistema de acoplamento. a sua ideia, era se acoplar a uma outra espaçonave, e conduzi-la a uma nova órbita ou a uma injeção de rota interplanetária.[1]

A sua finalidade no Complexo Lunar era justamente conduzir a Soyuz A em uma trajetória de injeção translunar.[1]

Todos os componentes desse "Complexo" seriam conduzidos a órbita terrestre por foguetes descendentes do confiável R-7, para então efetuarem os acoplamentos, e transferências de tripulação, combustível e demais itens de suprimento.[1]

ReferênciasEditar

  1. a b c d Mark Wade. «Soyuz B». Encyclopedia Astronautica. Consultado em 17 de julho de 2019 

Precedido por
Soyuz A
Naves das Missões Soyuz
19621963
Sucedido por
Soyuz V
  Este artigo sobre espaçonaves ou sondas espaciais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.