Abrir menu principal
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde maio de 2010). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O Sport Marítimo Murtoense é um clube da vila da Murtosa. Presentemente — em 2009/10 –, o Sport Marítimo Murtoense, conhecido fora da Murtosa simplesmente por Murtoense, tem uma equipa sénior de futebol feminino na 1.ª Divisão Nacional.

S.M. Murtoense
Nome Sport Marítimo Murtoense
Alcunhas Os Murtoenses
As Murtoenses
Os Murtoseiros
As Murtoseiras
SMM
«O Marítimo» (na Murtosa)
Mascote Não tem

Símbolo: A âncora

Fundação 22 de fevereiro de 1926 (93 anos)
Estádio Estádio Municipal da Murtosa

Local: No extremo norte da Saldida, na esquina entre Murtosa, Monte e Pardelhas

Capacidade 750
Presidente Portugal Jorge Guimarães
Treinador Portugal Jorge Guimarães
Competição 1.ª Divisão Nacional Feminina
Website http://sportmaritimomurtoense.webnode.pt

Web 2: http://www.sport-maritimo-murtoense.blogs.sapo.pt


Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
editar

Nos anos 80, começando em 1983/84, e continuando por mais de dúzia e meia de épocas, o S.M. Murtoense participou nos campeonatos distritais de futebol masculino sénior da Associação de Futebol de Aveiro. Pelo meio houve épocas em que o S.M. Murtoense subiu de divisão, mas também houve outras épocas em que desceu.

EstádioEditar

ConstruçãoEditar

Se correctamente me lembro, os trabalhos com vista à construção do Estádio começaram aí por finais da Primavera de 1982. Primeiro houve que elevar o terreno em questão, com muitas dezenas de camiões de areia. Tratava-se de uma área bastante baixa, no extremo norte da zona da Saldida, onde, com as intensas chuvas do Inverno, se transformava num autêntico pântano, onde a altura das águas variava entre 50 e os 100 centímetros, principalmente durante o mês de Fevereiro. Mais tarde, aí por finais do Verão de 1982, começaram os trabalhos da construção da bancada, esse mesma que ainda hoje aí está erguida. A bancada só ficou concluída aí por meados do Verão de 1983. Junto com a bancada, um muro alto foi construído, o qual incluía os portões da entrada para o Estádio, assim como as bilheteiras, no lado oeste. Esse muro estendia-se por cerca de um terço da cabeira norte do Estádio. Dos outros lados, foi cavada uma vala para, dessa forma, se prevenir, ou dificultar, a entrada desautorizada de adeptos para os jogos de futebol.

InauguraçãoEditar

Teve lugar em finais de Verão de 1983. Houve dois jogos nesse dia. O primeiro pôs frente a frente o Beira Mar e o C.D. Estarreja. O resultado foi de 0-0, tendo o C.D. Estarreja vencido no desempate por grandes penalidades. No segundo jogo enfrentaram-se o Sport Marítimo Murtoense e o Sport Marítimo Murtoense de Newark, NJ — EUA, sua homónima e sucrusal. Este segundo desafio terminou, já ao cair da noite, até já estava escuro, com o resultado de 2-2. A grande figura do jogo foi o jogador convidado que jogou pelo S.M. Murtoense, de seu nome Nahzi, que apontou ambos os golos da turma murtoense, em ambas as ocasiões empatando a partida. O guarda-redes do S.M. Murtoense foi o Fernando Ferreira — pelos vistos ainda não vinculado com a turma murtoense –, que épocas mais tarde haveria de ser o guarda-redes titular do S.M. Murtoense.

IluminaçãoEditar

Era essencial instalar um sistema de iluminação no recinto do Clube para que se pudesse fazer os treinos aí mesmo no final da tarde, quando a grande maioria dos jogadores da equipa de futebol regressavam dos seus empregos, ou dos seus estudos. A inauguração da iluminação teve lugar em princípios do Inverno de 1983/84 (ano por confirmar) e houve um jogo para o efeito. Jogaram a equipa do Sport Marítimo Murtoense contra uma equipa do F.C. Porto, que se compunha por um misto de jogadores ainda em idades de formação e de outros muito raramente usados na equipa principal do F.C. Porto. Nesse grupo do F.C. Porto, estava incluído o Fernando Gomes, que mais tarde andaria por vários clubes, incluindo o Beira Mar. O resultado, já não o recordo, mas sei que o F.C. Porto ganhou aí por uns 4-1 ou 4-2. O que mais recordo foi o tempo. Foi um final de tarde frio, ventoso e chuvoso!

Piso sintéticoEditar

Instalado em 2009 e inaugurado durante a época de 2009/10.

Jogos memoráveis no Municipal da MurtosaEditar

  • Agosto de 1983: Beira Mar — C.D. Estarreja, 0-0 (CDE venceu em g.p.; amigável, equipas convidadas)
  • Agosto de 1983: S.M. Murtoense — Sport Marítimo Murtoense de Newark, NJ — EUA, 2-2 (amigável)
  • 1984/85: S.M. Murtoense — Torreira Praia, 0-0 (3DD da AF Aveiro)

1926 — 1983Editar

O Clube não praticou desporto a nível federado.

1983 — 2002Editar

O Clube formou uma equipa de futebol masculino sénior e começou a participar nos campeonatos de futebol da Associação de Futebol de Aveiro. Não de imediato, mas uns tempos mais tarde, o Clube formou equipas de futebol masculino de formação e começou a participar nos campeonatos da Associação de Futebol de Aveiro.

2002 — PresenteEditar

O Clube formou uma equipa de futebol feminino sénior e começou a participar nos campeonatos de futebol feminino da Associação de Futebol de Aveiro. Para além disso, a o Clube começou a participar em torneios e provas de futebol feminino a nível regional. Na época de 2003/04, o Clube participou com a sua equipa de futebol feminino sénior no Campeonato Nacional da 1.ª Divisão, prova da Federação Portuguesa de Futebol.

Futebolistas das equipas senioresEditar

1984/85 (masculinos)Editar

EQUIPA-TIPO: Tino; Vítor Couto, Chico Simões, Laurindo (cap.) e Azevedo; Jorge, Vigário e Paulo Valente; Vítor Nunes, Quim Naia e Zé Baptista.

OUTROS: Vasconcelos GR, Paulo “Meszaros” Couto GR; Erasmo M, Octávio M; Quim Baptista ED, Edgar PL, Domingos “Stique” AV.

TREINADOR:   Octávio Almeida (treinador/jogador).

Classificações das equipas seniores — por épocaEditar

O Clube tem várias épocas disputadas nas divisões distritais da A.F. Aveiro (a nível masculino) e várias épocas na 1.ª Divisão Nacional (a nível feminino).

Época Mas./Fem. Divisão Fase Pos. JJ. V E D GM GS Pts. %AU Desempenho
1983-84 M 3DD única fraco
1984-85 M 3DD única falhou subida
1985-86 M 3DD única subiu
1986-87 M 2DD única
1987-88 M única
1988-89 M única
1989-90 M única
1990-91 M única
1991-92 M única
1992-93 M única
1993-94 M única
1994-95 M única
1995-96 M única
1996-97 M 1DDH única 16º 30 8 0,0 desceu
1997-98 M 1DDB única 30 42 60,0 bom
1998-99 M 1DDB única 30 57 80,0 subiu
1999-00 M 1DDH única 16º 30 13 0,0 desceu
2000-01 M 1DDB única 30 51 80,0 muito bom
2001-02 M 2DD única 14º 30 27 13,3 desceu & abandonou
2002-03 F única
2003-04 F única
2004-05 F única
2005-06 F 1DN única 16 8 2 6 26 24 26 75,0 melhor de sempre
2006-07 F 1DN única 20 4 7 9 26 38 19 20,0 sub-rendimento
2007-08 F 1DN única 20 5 4 11 23 35 19 40,0 médio baixo
2008-09 F 1DN única 20 5 6 9 15 29 21 40,0 médio
2009-10 F 1DN 18 8 1 9 21 25 25 44,4 sub-rendimento
2009-10 F 1DN 2ªÚlt. 1 1 0 0 2 0 16 80,0 por iniciar

NOTA: %AU — significa percentagem de adversários ultrapassados na classificação.