Túmulo pré-histórico do Arco de Augusto

Túmulos pré-históricos do Arco de Augusto são antigos túmulos do século X a.C. que foram descobertos perto das fundações do Arco de Augusto, um arco triunfal já demolido que ficava no Fórum Romano, no rione Campitelli de Roma.

HistóriaEditar

Nos anos 50 do século XX foram escavados quatro túmulos na área imediatamente ao lado das fundações do arco. Entre eles o túmulo número 1, um poço de incineração, no qual foi encontrado um enxoval funerário completo, incluindo seis peças de cerâmica e uma fíbula metálica[1].

Estes elementos sugerem um contexto da cultura Lacial vizinha de assentamentos similares nos montes Albanos (como o Túmulo de San Lorenzo Vecchio). Esta cultura era paralela à proto-vilanoviana, com designs de vasilhames mais simples e sem decoração. A datação proposta é o início do I milênio a.C., a fase final da Idade do Bronze. Estes vestígios são, portanto, testemunhas de assentamentos humanos estáveis do núcleo arcaico de Roma já naquela época[1].

Todo o material encontrado no local está hoje preservado no Antiquário Forense[1].

O uso da região como local de sepultamento se mudou logo depois, de forma gradual, para o leste, como testemunham as sepulturas posteriores encontradsa na vizinha Necrópole do Templo de Antonino e Faustina[1].

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c d Bandinelli, Ranuccio Bianchi; Torelli, Mario (1976). L'arte dell'antichità classica, Etruria-Roma (em italiano). Torino: Utet