Abrir menu principal

A TV CPLP é uma proposta de canal de televisão feita no seio da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa para ser transmitido internacionalmente. Os seus custos serão suportados pela UNESCO e pelo Governo Português. Todos os seus programas serão emitidos em português.[1][2][3][4] Na CPLP, a proposta foi discutida no Workshop sobre a Plataforma de Partilha de Conteúdos Televisivos, entre Televisões Públicas dos Países Lusófonos e TV CPLP, em Lisboa em 16 de outubro de 2007; como também na Mesa Redonda para uma Plataforma de Partilha de Conteúdos Televisivos entre Operadores Públicos de Televisão dos Países Lusófonos e TV CPLP, em Lisboa de 5 a 7 de março de 2007.[5]

Irá ser criado pelos seguintes canais de televisão lusófonos[6] e irá ser transmitido pelos 8 países fundadores e também para outros países.[7]

Como Plataforma Lusófona de Intercâmbio de Conteúdo, a proposta foi apresentada no Brasil como um projeto pelo Instituto Cultural Brasil Plus (ICBrPLus) chamado "TV CPLP Via Web".[8] exposto em comissão do Senado Federal do Brasil[9][10] e aprovado pela Portaria n.º 416 da Secretaria Executiva do Ministério da Cultura[11]

Referências

  1. LUSA, Agência RTP. «CPLP quer criar canal de televisão próprio» 
  2. «CPLP: Ministros da Educação e Cultura apelam a países para ratificarem Acordo Ortográfico». SAPO Notícias. Consultado em 4 de agosto de 2018. Arquivado do original em 4 de agosto de 2018 
  3. NOVAimagem (6 de março de 2007). «Projecto de TV lusófona foi, para já, adiado para Outubro». Notícias da CPLP. Consultado em 4 de agosto de 2018 
  4. NOVAimagem (17 de outubro de 2007). «TV CPLP vai continuar a esperar por melhores dias». Notícias da CPLP. Consultado em 4 de agosto de 2018 
  5. CPLP. «VII CONFERÊNCIA DE CHEFES DE ESTADO E DE GOVERNO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Lisboa, 25 de Julho de 2008. DECLARAÇÃO DE LISBOA» (PDF). Consultado em 4 de agosto de 2018 
  6. [1][ligação inativa]
  7. [2]
  8. «Projeto quer reunir conteúdo de TVs da CPLP na Internet». TELA VIVA News. 28 de maio de 2009 
  9. [3]
  10. [4]
  11. «Página 47 do Diário Oficial da União - Seção 1, número 100, de 28/05/2009». pesquisa.in.gov.br. Imprensa Nacional. Consultado em 4 de agosto de 2018 

BibliografiaEditar