Abrir menu principal
Taça Guanabara 1971
Guanabara
Dados
Participantes 6
Período 4 de julho – 1 de agosto
Gol(o)s 24
Partidas 12
Média 2 gol(o)s por partida
Campeão Fluminense
Vice-campeão
Melhor marcador Mickey (Fluminense) - 4 gols[1]
Melhor ataque (fase inicial) Fluminense - 9 gols
Melhor defesa (fase inicial) 3 gols:
Maior goleada
(diferença)
Fluminense 3 – 1 Flamengo
1 de agosto
◄◄ Guanabara Taça Guanabara de 1970 Soccerball.svg Taça Guanabara de 1972 Guanabara ►►

A Taça Guanabara de 1971 foi a sétima edição da Taça Guanabara, porém não foi o primeiro turno do Campeonato Carioca de Futebol de 1971 e, sim, uma competição à parte. O vencedor foi o Fluminense.[2][3]

Índice

HistóriaEditar

O Botafogo chegou com vantagem a última rodada, mas a sua derrota para o America por 2 a 1 e a vitória do Fluminense sobre o Flamengo, definiu o título em favor do Tricolor, mas caso tivesse sido o Fla vencedor do Fla-Flu, o título teria ficado com o Rubro-Negro.[4]

O Bangu se retirou da competição para excursionar nos Estados Unidos, em virtude da licença que obteve da Federação Carioca de Futebol, uma vez que o Vasco da Gama não concordou com a antecipação de seus jogos, em represália à medida judicial que sofrera por falta de pagamento do passe do jogador Dé.[5]

A competição foi disputada com os clubes jogando em rodadas duplas com times mistos e durante atividade da Seleção Brasileira, que conquistou a Copa Rocca nesse período, esvaziando a Taça Guanabara, que mudaria a partir do ano seguinte. O próprio técnico do Fluminense, Zagallo, dirigiu a Seleção Brasileira durante 7 jogos enquanto era disputada essa edição da Taça Guanabara, sendo substituído pelo técnico dos juvenis, Pinheiro.[6]

Fórmula de disputaEditar

Os seis participantes jogaram contra os demais participantes apenas em jogos de ida no sistema de pontos corridos.[5]

A classificação final deu-se pelo menor número de pontos perdidos.[7]

Grupo únicoEditar

 
Taça Guanabara de 1971.
Classificação
# Time PP PG J V E D GP GS SG
1 Fluminense 3 7 5 3 1 1 9 5 +4
2 Botafogo 4 4 4 2 0 2 3 4 -1
3 America 4 4 4 1 2 1 2 3 -1
4 Flamengo 5 5 5 2 1 2 4 5 -1
5 Vasco da Gama 5 3 4 1 1 2 3 3 0
6 Bangu 3 1 2 0 1 1 3 4 -1

Campanha do campeãoEditar

  1. Fluminense 2–0 America.[5]
  2. Fluminense 3–3 Bangu.
  3. Fluminense 1–0 Vasco.
  4. Fluminense 0–1 Botafogo.
  5. Fluminense 3–1 Flamengo.

Jogo do títuloEditar

Fluminense 3–1 Flamengo
Data: 1 de agosto de 1971.
Local: Estádio do Maracanã.
Árbitro: Aírton Vieira de Moraes.
Renda: Cr$ 144.824,50.
Público: 29.278 pagantes.
FFC: Jorge Vitório; Oliveira, Sérgio Cosme, Silveira, Toninho; Denilson, Marquinhos, Cafuringa, Mickey, Jair e Rubens Galaxe. Técnico: Pinheiro.
CRF: Ubirajara Alcântara; Rodrigues Neto (Onça), Fred, Reyes, Tinteiro; Liminha, Tales (Chiquinho), Buião, Fio, Zico e Nei. Técnico: Fleitas Solich.
Gols: Mickey aos 4', 48 e 68', Buião aos 65'.
Obs.: Mickey, que foi o grande destaque do Fluminense ao substituir Flávio nas rodadas finais da Taça de Prata de 1970, também foi o grande nome deste Fla-Flu, ao fazer os três gols da vitória tricolor, terminando como artilheiro dessa competição com quatro gols.

PremiaçãoEditar

Taça Guanabara de 1971
 
FLUMINENSE
Campeão
(3º título)

Referências

Ligações externasEditar

Ver tambémEditar