Tabanidae

mosca hematófaga
 Nota: Para outros significados para "mutuca", veja Mutuca (desambiguação).

Tabanidae ou Tabanídeos são uma família de dípteros da subordem Brachycera. Popularmente, as moscas dessa família são conhecidas como butuca, estro, gusano, moscardo, motuca, mutuca e tavão.[1][2][3][4] As fêmeas são hematófagas.[5]

Como ler uma infocaixa de taxonomiaTabanidae
Chrysops relictus
Chrysops relictus
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Classe: Insecta
Ordem: Diptera
Subordem: Brachycera
Família: Tabanidae
Géneros
Ver texto.
Mutuca da espécie Tabanus sudeticus. Em destaque, seu estilete frontal

Etimologia editar

Os termos "mutuca", "butuca" e "motuca" significa "picar, furar, cutucar, pungir".[6] Sendo "mutuca" ou "motuca" da palavra tupi "mu'tuca", segundo dicionário etimológico de Antônio Geraldo da Cunha. No saliente nordestino entre PB, RN, CE e PE o uso do termo mutuca é o mais comum. Muito comum em áreas com umidade alta e florestas exemplo litoral.

Características editar

De corpo robusto e de tamanho médio a grande, apenas as fêmeas são hematófagas.[5] São um incômodo ao gado e ao homem devido a inserção do estilete frontal sobre a epiderme da pele. Diferentemente das fêmeas, os machos se nutrem de seiva, néctar e fezes.[7]

Sugam o sangue de mamíferos, répteis e eventualmente de aves e anfíbios.[7] Preferem viver perto de ambientes aquáticos, exceção feita a algumas espécies de regiões áridas.[7]

Géneros editar

Galeria editar

Referências

  1. FERREIRA, Aurélio B.H. (1986). Novo Dicionário da Língua Portuguesa, segunda edição. [S.l.]: Nova Fronteira. pp. 1 175 
  2. Da redação (2009). «Verbete mutuca». Dicionário Caldas Aulete. Consultado em 23 de agosto de 2014 
  3. SANTOS, Eurico (1985). Os insetos: vida e costumes, volume 2. [S.l.]: Editora Itatiaia. 244 páginas. ISBN: 9788531902598 
  4. S.A, Priberam Informática. «tabanídeo». Dicionário Priberam. Consultado em 16 de abril de 2023 
  5. a b RIBEIRO, Agenor (2004). Contribuição da língua tupi e da jê ao português no Brasil. [S.l.]: Ed. Ferreira. 56 páginas 
  6. COSTA, João Caveiro (1939). A conquista do deserto ocidental: (subsidios para a historia do territorio do Acre). [S.l.]: Companhia Editora Nacional. 434 páginas 
  7. a b c BOWMAN, Dwight (2010). Parasitologia Veterinária de Georgis. [S.l.]: Elsevier Brasil. 448 páginas. ISBN: 9788535246391 

Ligações externas editar

 
Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Tabanidae
 
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Tabanidae
  Este artigo sobre insetos, integrado no Projeto Artrópodes é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.