Abrir menu principal
Teatro Glória Giglio
Teatro Glória Giglio
Estilo dominante Moderno
Construção 7 de setembro de 1996
Estado de conservação SP
Geografia
Cidade Osasco

Teatro Glória Giglio também chamado de Teatro "Municipal" Glória Giglio (Teatro Municipal de Osasco, até abril de 2014[1]) é um teatro inaugurado no dia 7 de setembro de 1996 durante o governo do prefeito Celso Giglio. Desde a sua inauguração recebeu mais de um milhão de espectadores.[2] Recebe por ano cerca de 100 mil pessoas.[1] [3]

Índice

HistóriaEditar

Inauguração—presenteEditar

A primeira peça apresentada no local foi Dom Quixote, no dia da inauguração.[2] A contrução tem uma área de 1.575,74 m² e está em um terreno com 8.973,23 m².[1] Em abril de 2014, época do mandato do prefeito Jorge Lapas, o nome da construção foi alterado em homenagem a ex-primeira dama de Osasco, Glória Giglio, que tinha falecido no ano anteriror em um acidente de carro.[1]

EspaçoEditar

O ambiente apresenta espetáculos variados, atendendo ao público adulto, jovem e infantil, além de outros direcionados ao aprendizado de alunos dos níveis fundamental e médio de instituições do município e região, no programa conhecido como Projeto Escola.[1]

Além de peças teatrais, tem espaço para academias de dança, escolas de música, festivais e mostras. Anualmente, a Escola de Artes César Salvi utiliza o espaço para apresentação de espetáculos de conclusão do Curso Artes Cênicas. Além das apresentações, o teatro conta, em seu hall de entrada, com exposições de artes plásticas.

ReformaEditar

Em fevereiro de 2016 foi terminada a reforma no local feita pela Secretaria de Serviços e Obras.[2] O teatro ficou fechado por quase um ano.[1] O custo de mais de 6 milhões de reais foi pago com um convênio feito com a Caixa Econômica Federal, fechado em outubro de 2015.[1] Foram instaladas 460 novas poltronas, incluindo as destinadas as pessoas obesas, que é determinada pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) e novos sistemas de iluminação cênica e sonorização.[2] Também foram criadas rampas de acesso para cadeirantes e o sistema de ar condicionado foi expandido para todo o local.[1]

"Poder devolver o principal teatro da nossa cidade à população nos dá um enorme prazer. É um investimento precioso que demonstra o carinho desta Administração com o cidadão e o respeito com a arte e o artista, proporcionando condições dignas para que ambos possam crescer e aprender através da cultura e da arte."[2]

Fábio Yamato, secretário da Cultura

Para a reabertura, o Ministério da Cultura programou a apresentação de um concerto da Orquestra Sinfônica do Conservatório Villa-Lobos de Osasco, dentre outras atrações.[2]

Referências

  1. a b c d e f g h Equipe Cultura Osasco (11 de novembro de 2016). «Teatro Municipal Glória Giglio (Teatro Municipal de Osasco)». culturaosasco.com.br. Consultado em 2 de janeiro de 2017 
  2. a b c d e f «Osasco reabre o Teatro Municipal». SECOM. 16 de fevereiro de 2016. Consultado em 2 de janeiro de 2017 
  3. «Teatro Municipla de Osasco» (PDF). Porto de Cultura. 9 de junho de 2013. Consultado em 21 de junho de 2018 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Teatro Glória Giglio