Abrir menu principal

Templo de Minerva Médica

Disambig grey.svg Nota: Para a bem preservada estrutura do século IV, veja Templo de Minerva Médica (ninfeu)

Templo de Minerva Médica, similar ao Templo de Apolo Medico, era um templo da Roma Antiga, construído no Monte Esquilino durante o período republicano,[1] do qual nenhum resquício jamais foi encontrado. Desde o século XVII ele tem sido erroneamente identificado com as ruínas de um ninfeu nas vizinhanças, por conta de uma impressão equivocada de que a Atena Giustiniani teria sido encontrada lá.[2]

Na posição nos catálogos regionários, entre o Campo Viminal e o Templo de Ísis Patrícia, aponta para um local na porção norte da V Região (Regio V).[3] Porém, centenas de oferendas, incluindo uma na qual se atesta a existência do templo, foram descobertas na Via Curva (a moderna Via Carlo Botta), a oeste da Via Merulana, um possível local para o templo.[4] Algumas paredes de tufo, que lembram trincheiras rituais conhecidas como favissas (favissae), também foram encontradas no local.

Referências

  1. Cícero, De divinatione II.123: sine medico medicinam dabit Minerva, e CIL VI.10133, 30980.
  2. HJ 360; LS III.158‑161.
  3. Samuel Ball Platner (1904). The Topography and Monuments of Ancient Rome. [S.l.]: Allyn and Bacon. pp. 440– 
  4. Bullettino della Commissione Archeologica Comunale di Roma 1887:154‑156, 192‑200; 1888: 124‑125; Mitteilungen des Deutschen Archaeologischen Instituts, Romische Abteilung. Bullettino dell'Istituto archeologico germanico, Sezione romana 1889: 278; Jordan 353; Rosch. II.2989; Cons. 305‑312

Ligações externasEditar