Abrir menu principal

Tenchu: Stealth Assassins

vídeojogo de 1998
Tenchu: Stealth Assassins
Desenvolvedora(s) Acquire
Publicadora(s) Sony Music Entertainment Japan
Compositor(es) Noriyuki Asakura
Plataforma(s) PlayStation
Série Tenchu
Data(s) de lançamento 26 fevereiro 1998
Gênero(s) jogo eletrônico de ação-aventura, jogo eletrônico de stealth
Modos de jogo jogo eletrónico para um jogador

Tenchu: Stealth Assassins, conhecido no Japão simplesmente como Tenchu (天誅), sendo o primeiro da série Tenchu, é um jogo eletrônico de stealth no qual o jogador toma o papel de um ninja, progredindo através das dez fases e cumprindo os objetivos contidos destas. Personagens jogáveis incluem Rikimaru ou Ayame.

RecepçãoEditar

 Recepção
Resenha crítica
Publicação Nota
AllGame      [1]
Edge 7/10[2][3]
EGM 7.75/10[4]
Game Informer 9/10[5]
GamePro      [6]
Game Revolution A[7]
GameSpot 8.3/10[8]
IGN 9/10[9]
Next Generation      [10]
(Versão dos EUA)      [11]
Play 82%[12]
PSM      [13]
Pontuação global
Publicação Nota média
Metacritic 87/100[14]

Tenchu: Stealth Assassins recebeu críticas "geralmente favoráveis", de acordo com o agregador de críticas Metacritic.[14] Foi classificado como o 54.º melhor jogo de todos os tempos pela equipe da Game Informer em 2001: "Tenchu: Stealth Assassins mostrou ao mundo dos games que são necessárias mais do que roupas escuras e atirar objetos pontiagudos para torná-lo um ninja. Forçando os jogadores a aprender e utilizar técnicas furtivas, não somente para se destacar, mas unicamente para sobreviver, Tenchu é um jogo desafiador e enervante que deixa você gritando de frustração e depois se arrastando de volta por mais."[15]

Next Generation analisou a versão para PlayStation do jogo, classificando-a em quatro estrelas de cinco, e afirmou que "A natureza complicada e envolvente das várias missões torna Tenchu uma aventura para um jogador altamente envolvente - o tipo de coisa que as noites longas são feitas".[10]

Next Generation também analisou a versão para PlayStation do jogo nos EUA, classificando-a em quatro estrelas de cinco, e afirmou que a "Activision fez mudanças significativas na conversão, mas parece que os desenvolvedores fizeram correções de bugs improvisadas e adicionaram material de enchimento ao invés de melhorar o jogo."[11]

Tenchu: Stealth Assassins alcançou vendas de mais de 500.000 cópias no Japão até junho de 1998, antes de seu lançamento nos Estados Unidos.[16]

Referências

  1. House, Matthew. «Tenchu: Stealth Assassins - Review». AllGame. All Media Network. Arquivado do original em 13 de novembro de 2014 
  2. Edge staff (Maio de 1998). «Tenchu (Import)». Edge (58). Future plc. p. 98 
  3. Edge staff (Novembro de 1998). «Tenchu: Stealth Assassins». Edge (64). Future plc 
  4. «Tenchu: Stealth Assassins». Electronic Gaming Monthly. Ziff Davis. 1998 
  5. McNamara, Andy; Anderson, Paul; Reiner, Andrew (Novembro de 1998). «Tenchu [Stealth Assassins]». Game Informer (67). FuncoLand. p. 55. Arquivado do original em 21 de setembro de 1999 
  6. The Rookie (1998). «Tenchu: Stealth Assassins Review for PlayStation on GamePro.com». GamePro. IDG Entertainment. Arquivado do original em 9 de fevereiro de 2005 
  7. Colin (Setembro de 1998). «Tenchu: Stealth Assassins Review». Game Revolution. CraveOnline. Cópia arquivada em 30 de setembro de 2015 
  8. Fielder, Joe (25 de março de 1998). «Tenchu: Stealth Assassins Review». GameSpot. CBS Interactive 
  9. Perry, Douglass C. (18 de setembro de 1998). «Tenchu: Stealth Assassins». IGN. Ziff Davis 
  10. a b «Finals». Next Generation (43). Imagine Media. Julho de 1998. p. 107 
  11. a b «Finals». Next Generation (48). Imagine Media. Dezembro de 1998. p. 134 
  12. «Tenchu: Stealth Assassins». Play. Imagine Publishing. 1998 
  13. «Review: Tenchu: Stealth Assassins». PSM. Future US. 1998 
  14. a b «Tenchu: Stealth Assassins for PlayStation Reviews». Metacritic. CBS Interactive 
  15. Game Informer staff (agosto de 2001). «The Top 100 Games of All Time». Game Informer (100). FuncoLand 
  16. Next Generation staff (Junho de 1998). «In the Studio». Next Generation (42). Imagine Media. p. 23 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.