Tenri-ô-no-Mikoto (天理王命) é o nome do Deus único e original que criou os seres humanos e o mundo na Tenrikyo [1]. Os dois primeiros caracteres em Kanji de Teri-O-no-Mikoto são 天理, onde 天 se refere ao céu ou divindade, e 理 se refere à razão ou conhecimento, portanto "Tenri" (天理) se refere ao divino ou conhecimento celestial, e de certo modo acrescenta uma natureza divina à própria verdade "天理" também se refere a "Lei da natureza" ou "lei divina". No Brasil, o nome usado para se referir a Tenri-ô-no-Mikoto é Deus Parens; em Japonês, o nome equivalente é Oyagamisama. Na Tenrikyo, Deus não tem gênero. Os seguidores da Tenrikyo possuem três níveis na compreensão e da natureza do criador, em um entendimento primário do espirito, que é Deus propriamente dito (Kami, Deus) através da casualidade natural, Deus como o criador da natureza e das leis da natureza (Tsukihi, Lua-Sol) e eventualmente a uma compreensão de um relacionamento parental entre o criador e os seres humanos, Deus como sendo Pai e Mãe. (Oya/Parens). Essa progressão na compreensão é o ensinamento chave da Tenrikyo, onde é aceito que tudo é um processo para a evolução espiritual feito por pequenos passos e estágios de compreensão através das orientações e vivências na vida que levam a maturação espiritual. [2]

Em trechos do Ofudesaki diz:

(Ofudesaki[3] é a escritura divina registrada por Oyassama que transmitiu aos seres humanos a vontade de Deus Parens. Consistente em 17 partes e há 1711 versos. É um dos textos originais)

"Sou o Deus que iniciou os seres humanos do mundo, porém, não existe quem me conheça.” Of. III-15

“Tsukihi criou os seres humanos por desejar ver o viver alegre e feliz” Of. XIV - 25

É ensinado que Deus Parens é a fonte do mundo humano, não apenas o criador do mundo, mas também o protetor de todos os seres existentes não havendo nada que não dependa de sua proteção. Para que os seres humanos possam viver bem, Deus Parens concedeu a graça divina nas funções do corpo humano, como poder respirar, enxergar e se alimentar; na obra da natureza como a iluminação do sol, a chuva e crescimento dos animais e das plantas.

Deus Parens criou o mundo e os seres humanos com as dez providências dividas[4] :

  • Kunitokotati-no-mikoto - Representa a providência divina dos olhos e umidade no corpo humano e da água no mundo.
  • Omotari-no-mikoto – Representa a providência divina da temperatura do corpo humano e do fogo no mundo.
  • Kunissazuti-no-mikoto – Representa a providência divina do órgão genital feminino e da conexão da pele no corpo humano e da conexão em geral no mundo.
  • Tsukiyomi-no-mikoto – Representa a providência divina do órgão genital masculino e do esqueleto suportador no corpo humano, e do suporte em geral no mundo.
  • Kumoyomi-no-mikoto – Representa a providência divina da entrada e saída dos alimentos no corpo humano, e da subida e descida da umidade no mundo.
  • Kashikone-no-mikoto – Representa a providência divina da respiração no corpo humano, e do vento no mundo.
  • Taishokuten-no-mikoto – Representa a assistência divina de cortar a conexão do bebê com o útero da mãe no nascimento e de cortar a respiração no retornamento. No mundo, a providência de corte em geral.
  • Otonobe-no-mikoto – Representa a assistência divina de extrair a criança do útero da mãe o nascimento. No mundo, a providência de extração em geral.
  • Izanagui-no-mikoto – O protótipo de homem, a função de semente.
  • Izanami-no-mikoto – O protótipo de mulher, a função de viveiro.

HistóriaEditar

Em 1880, para evitar uma perseguição contínua pelo governo, Tenrikyo se colocou sob a administração de um templo [Shugendo] chamado Jifukuji. Durante esse período, Tenri-Ō-no-Mikoto foi oficialmente chamado de Tenrin-Ō - Nyorai e os kanji de várias outras divindades foram alterados, mas por 1890 Tenrikyo recebeu a aprovação do governo do Meiji e os nomes originais foram restaurados.[5]

Referências

  1. Site oficial da Tenrikyo
  2. Igreja Tenrikyo do Brasil
  3. Sobre o Ofudesaki em Inglês
  4. 10 providências divinas
  5. Henry van Straelen. "The Religion of Divine Wisdom: Japan's Most Powerful Religious Movement." Folklore Studies, Vol. 13, (1954), pp. 1-166

BibliografiaEditar

  • Sede da Igreja Tenrikyo (2011). Doutrina de Tenrikyo 4ed. Tenri, província de Nara, Japão.
  • Becker, Carl B. (1979). «Concepts and roles of God in Tenrikyo». Tenri Journal of Religion. 13: 1–28 
  • Ellwood, Robert, S. (1982). Tenrikyo, a Pilgrimage Faith: The Structure and Meanings of a Modern Japanese Religion. Tenri, Japan: Tenri University Press 
  • Iida, Teruaki (1986). «A study on "God the Parent"». Tenri Journal of Religion. 20 
  • Sawai, Yuichi (1986). «The origin of Tenrikyo – with reference to the Osashizu, the Divine Directions –». Tenri Journal of Religion. 20: 23–42 
  • Tenrikyo Church Headquarters (1993). The Doctrine of Tenrikyo. [S.l.]: Tenrikyo Church Headquarters