Abrir menu principal

Teolepto II de Constantinopla

Teolepto II de Constantinopla
Nascimento Século XVI
Morte Desconhecido
Ocupação sacerdote
Religião cristianismo ortodoxo

Teolepto II de Constantinopla (em grego: Θεόληπτος Β΄; m. depois de 1597) foi patriarca ecumênico de Constantinopla entre 1585 e 1586[1].

HistóriaEditar

Teolepto era sobrinho do patriarca Metrófanes III[2]. Ele se tornou bispo metropolitano de Filipópolis e, apesar de ter sido ajudado pelo patriarca Jeremias II, conspirou contra ele aliando-se ao bispo Pacômio, que depois assumiu como patriarca no lugar de Jeremias. Quando Pacômio foi deposto, Teolepto foi nomeado em seu lugar em 16 de fevereiro de 1585[1] e foi formalmente entronizado em março do mesmo pelos patriarcas de Alexandria e Antioquia.

Em maio de 1586, enquanto Teolepto estava viajando pela Moldávia e pela Valáquia para arrecadar fundos, Nicéforo (m. 1596), um diácono do patriarca exilado Jeremias, conseguiu depô-lo[2]. Nicéforo tornou-se um locum tenens do trono até abril de 1587, quando Jeremias II foi re-eleito para o trono mesmo estando ausente de Istambul numa longa viagem pela Ucrânia e pelo Czarado da Rússia. Jeremias foi informado de seua re-eleição apenas em 1589, na Moldávia, quando já estava no caminho de volta para Istambul, onde chegou em 1590[3]. Neste ínterim, o diácono Nicéforo continuou governando a Igreja em nome de Jeremias[3]. O mandato de Nicéforo foi brevemente interrompido por cerca de dez dias pelo diácono Dionísio, o Filósofo, que mais tarde seria metropolita de Lárissa (m. 1611)[1].

Depois de abril de 1587, uma decisão sinodal perdoou Teolepto e o enviou para a região da Geórgia para arrecadar fundos[2]. Em 1587, Teolepto adotou um sinete para o Mosteiro de Soumela, mas não se sabe se ele foi estabelecido legal ou ilegalmente. Finalmente, sabe-se que Teolepto se reconciliou com Jeremias II[3] e ajudou a governar a Igreja até 1590. Seu destino depois disto é desconhecido.

Teolepto foi o último patriarca a sediar sua na Igreja de Pamacaristo, que foi convertida em mesquita em 1586. O Patriarcado se mudou para a pobre Igreja da Teótoco Paramícia (posteriormente no complexo do saray da Valáquia, residência do hospodar valáquio em Istambul)), onde permaneceu por onze anos, até 1597[2].

Ver tambémEditar

Teolepto II de Constantinopla
(1585-1586)
Precedido por:  

Patriarcas ecumênicos de Constantinopla

Sucedido por:
Pacômio II 180.º Jeremias II

Referências

  1. a b c Kiminas, Demetrius (2009). The Ecumenical Patriarchate (em inglês). [S.l.]: Wildside Press LLC. p. 38, 46. ISBN 978-1-4344-5876-6 
  2. a b c d «Θεόληπτος Β´» (em grego). Site oficial do Patriarcado Ecumênico de Constantinopla 
  3. a b c Gudziak, Borys A. (2001). Crisis and reform : the Kyivan Metropolitanate, the Patriarchate of Constantinople, and the genesis of the Union of Brest (em inglês). Cambridge, Mass: Ukrainian Research Institute, Harvard University. p. 31,39. ISBN 0-916458-92-X