Abrir menu principal
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde maio de 2019). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o episódio de televisão. Para o dispositivo da trama, veja Trono de Ferro (As Crônicas de Gelo e Fogo).
"The Iron Throne"
6.º episódio da 8.ª temporada de Game of Thrones
Daenerys Targaryen em frente ao Trono de Ferro após conquistá-lo.
Informação geral
Direção David Benioff
D. B. Weiss
Escrito por David Benioff
D. B. Weiss
Música Ramin Djawadi
Duração 80 minutos
Transmissão original 19 de maio de 2019
Convidados
  • Gemma Whelan como Yara Greyjoy
  • Tobias Menzies como Edmure Tully
  • Daniel Portman como Podrick Payne
  • Rupert Vansittart como Yohn Royce
  • Lino Facioli como Robin Arryn
  • Richard Rycroft como Maester Wolkan
  • Gabriel Akuwudike como Capitão Imaculado
  • Noel Harron
  • Toby Osmond como Príncipe de Dorne
  • Andrew Bicknell como Lorde
  • Michael Benbaruk como Lorde Une
  • Frank Jakeman como Lorde
  • Niall Bishop como Lorde Nortenho
  • Padraig O'Grady como Homem Chorando
  • Eoin Duffy
  • Shane Whisker
  • Lorcan Strain
  • Ella-Rose Sands
Cronologia
"The Bells"

"The Iron Throne" é o último episódio da série de televisão de fantasia da HBO, Game of Thrones. É o sexto episódio da oitava temporada e o 73º em geral da série. Escrito e dirigido pelos criadores da série, David Benioff e D. B. Weiss, o episódio foi exibido em 19 de maio de 2019. A recepção por parte dos fãs foi geralmente desfavorável, recebendo altas críticas negativas e rendendo memes na internet.

EnredoEditar

Jon Snow e Davos Seaworth analisam a destruição que a rainha Daenerys Targaryen fez em Porto Real a fim de destronar a rainha rival Cersei Lannister. Tyrion chora sobre os cadáveres de Cersei e Jaime nas ruínas da Fortaleza Vermelha. Verme Cinzento executa soldados Lannister sob as ordens de Daenerys. Daenerys declara aos exércitos Imaculados e Dothraki que ela libertará o mundo inteiro. Tyrion renuncia publicamente sua posição de Mão da Rainha em protesto e é preso por traição. Arya avisa para Jon que por causa da herança dele como Targaryen, Daenerys irá matá-lo como uma ameaça ao seu governo. Tyrion diz a Jon que apesar do amor de Jon por Daenerys, é dever de Jon matá-la por ela ser a maior ameaça para as pessoas. Tyrion também adverte que Arya e Sansa não obedecerão a Daenerys. Na sala do trono, Jon confronta Daenerys, que a culpa por matar os civis inocentes que Cersei usava como uma maneira de ganhar a guerra. Daenerys declara que não perdoará Tyrion ou os prisioneiros de Cersei Lannister, argumentando que suas execuções - e uma campanha de libertação contínua - são necessárias para estabelecer sua visão de um mundo bom; ela também diz a Jon que os outros não podem decidir o que é bom. Incapaz de dissuadi-la, Jon reafirma sua fidelidade a ela e a apunhala quando se beijam. Jon se aflige; Drogon aparece na sala do trono e derrete o Trono de Ferro e leva o corpo de Daenerys embora. Jon é preso.

Algum tempo depois, dezesseis senhores de Westeros se reúnem para discutir o destino de Jon. Tyrion, ainda prisioneiro, sugere que os futuros monarcas sejam escolhidos por um conselho, em vez de herdarem a coroa. Ele nomeia Bran Stark; os demais concordam, exceto Sansa, que declara a independência do Norte dos Sete Reinos. Bran aceita, nomeia Tyrion sua mão, e sentencia Jon a reingressar à Patrulha da Noite por assassinar Daenerys. Isso apazigua os Imaculados, que vão para Naath, terra natal de Missandei. Tyrion reorganiza o Pequeno Conselho para incluir Bronn (agora Lorde de Jardim de Cima), Sor Brienne, Davos e Samwell Tarly, e eles começam a planejar a reconstrução de Porto Real. Bran, escoltado pelo recém-nomeado Ser Podrick Payne, reúne-se brevemente com o Conselho e se encarrega de encontrar Drogon. Arya zarpa para explorar os mares desconhecidos a oeste de Westeros. Sansa é coroada rainha no norte pelos senhores do norte. Jon se junta a Tormund Giantsbane, Fantasma e um grande grupo de Selvagens na floresta além da Muralha.

Ligações externasEditar