Abrir menu principal

The Man in the Glass Booth

filme de 1975 dirigido por Arthur Hiller
The Man in the Glass Booth
O Homem das Duas Faces (PRT)
Um Homem na Caixa de Vidro (BRA)
 Estados Unidos
1975 •  eastmancolor •  117 min 
Direção Arthur Hiller
Produção Ely A. Landau
Produção executiva Mort Abrahams
Roteiro Edward Anhalt
Robert Shaw (peça)
(não creditado)
Elenco Maximilian Schell
Lois Nettleton
Lawrence Pressman
Gênero drama
Direção de fotografia Sam Leavitt
Figurino John A. Anderson
Edição David Bretherton
Companhia(s) produtora(s) Cinévision Ltée
American Film Theatre
The Ely Landau Organization Inc.
Distribuição American Film Theatre
Lançamento Estados Unidos 27 de janeiro de 1975
Idioma inglês

The Man in the Glass Booth (Um Homem na Caixa de Vidro BRA ou O Homem das Duas Faces PRT) é um filme norte-americano de 1975, do gênero drama, dirigido por Arthur Hiller e estrelado por Maximilian Schell e Lois Nettleton.

Notas de produçãoEditar

The Man in the Glass Booth é a décima das quatorze versões cinematográficas de peças teatrais que o American Film Theatre produziu entre 1973 e 1975.

Originalmente um romance, publicado em 1967 como a segunda parte de uma trilogia, The Man in the Glass Booth foi vertido para o teatro pelo próprio autor, Robert Shaw. Montada com sucesso na Broadway entre setembro de 1968 e maio de 1969, sob a direção de Harold Pinter, a peça teve um total de 264 apresentações.[1]

Shaw -- mais conhecido como ator, mas também ficcionista respeitado -- ficou tão descontente com a adaptação de Edward Anhalt, que pediu para seu nome não aparecer nos créditos.[2] Ainda assim, o sindicato dos roteiristas norte-americanos -- o Writers Guild of America --, concedeu ao filme uma indicação de Melhor Roteiro Dramático Adaptado.

Segundo Leonard Maltin, apesar da boa presença de Maximilian Schell (indicado ao Oscar), o resultado é "artificial".[3]

SinopseEditar

Authur Goldman é um rico homem de negócios judeu que vive na opulência em Nova Iorque. Um dia, contudo, ele é preso por agentes secretos israelenses e levado para Tel Aviv, onde é acusado de não ser judeu, mas, isto sim, um criminoso de guerra nazista. Goldman, então, desafia seus algozes a revelar não somente sua culpa, mas a deles também.

PremiaçõesEditar

Patrocinador Prêmio Categoria Situação
Academia de Artes e Ciências Cinematográficas Oscar Melhor Ator (Maximilian Schell) Indicado
Associação de Correspondentes Estrangeiros de Hollywood Golden Globe Melhor Ator em Filme Dramático (Maximilian Schell) Indicado
Writers Guild of America WGA Melhor Roteiro Adaptado - Drama Indicado

ElencoEditar

Ator/Atriz Personagem
Maximilian Schell Arthur Goldman
Lois Nettleton Miriam Rosen
Lawrence Pressman Charlie Cohn
Luther Adler Juiz
Lloyd Bochner Doutor Churchill
Robert H. Harris Doutor Weisburger
Henry Brown Jack
Norbert Schiller Doutor Schmidt
Berry Kroeger Joachim Berger
Leonardo Cimino Doutor Alvarez
Connie Sawyer Senhora Levi
Leonidas Ossetynski Samuel Weisberg
David Nash Rami
Martin Berman Uri
Richard Rasof Moshe

Referências

  1. «The Man in the Glass Booth». IBDB. Consultado em 21 de junho de 2014 
  2. «The Man in the Glass Booth». AllMovie. Consultado em 21 de junho de 2014 
  3. MALTIN, Leonard, Leonard Maltin's Movie Guide - 2011 Edition, Nova Iorque: New American Library, 2010 (em inglês)

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar