Abrir menu principal

The Principal and the Pauper

"The Principal and the Pauper"
"O Diretor e o Soldado" (BR)
180.º episódio da .ª temporada de Os Simpsons
Informação geral
Escrito por Ken Keeler
Produzido por Bill Oakley
Josh Weinstein
Transmissão original {{{data original}}}
Convidados

Martin Sheen[1] como o real Seymour Skinner

Cronologia
"A Cidade de Nova Iorque vs Homer"

"The Principal and the Pauper" é o segundo episódio da nona temporada de The Simpsons, exibido originalmente em 28 de setembro de 1997 na Fox. No episódio, Seymour Skinner comemora o seu vigésimo aniversário como diretor da Escola Primária de Springfield, quando um homem chega afirmando que Skinner assumiu sua identidade. Skinner admite que seu nome verdadeiro é Armin Tamzarian, e que ele havia pensado o verdadeiro Seymour Skinner, um amigo do exército, tinha morrido na Guerra do Vietnã. Armin deixa Springfield, mas é convencido a voltar mais tarde. O episódio foi escrito por Ken Keeler e foi dirigido por Steven Dean Moore. A estrela convidada para o episódio foi Martin Sheen, que interpretou o verdadeiro Seymour Skinner. Foi produzido por Bill Oakley e Josh Weinstein para a oitava temporada, porém foi emitido como parte da nona.

"The Principal and the Pauper" é um dos episódios mais controversos de The Simpsons. Muitos fãs e críticos reagiram negativamente à revelação de que o Diretor Skinner, um personagem recorrente desde a primeira temporada, era um impostor. O episódio tem sido criticado pelo criador da série Matt Groening e Harry Shearer, que faz a voz de Skinner. Apesar disso, Ken Keeler considera o episódio o melhor trabalho que ele já fez para a televisão. Bill Oakley e Josh Weinstein, também defenderam o episódio.

EnredoEditar

Funcionários e alunos da Escola Primária de Springfield decidem fazer uma homenagem aos 20 anos de Skinner no cargo de diretor da escola. Durante a homenagem, do lado de fora da escola, um táxi estaciona e um estranho desce dele. O mesmo acaba proclamando como "o verdadeiro Seymour Skinner". É revelado então que o Diretor Skinner na verdade é Armin Tamzarian, um soldado do exército que teve como seu sargento Seymour Skinner; que aparentemente faleceu durante uma guerra. Armin conta a sua história (em Flashback): Ele antes era um órfão que era bastante rebelde e que não respeitava ninguém; até o dia em que ele bateu em um juiz e teve três opções: a primeira era a cadeia; a segunda, o exército; e a terceira, pedir desculpas. Armin escolheu ir ao exército, onde lutou por várias guerras ao lado do Sargento Skinner; que na opinião de Armin, foi um "irmão que nunca teve". Quando foi dado o desaparecimento de Skinner, Armin se viu no dever de dar a notícia a sua mãe; mas quando chegou na casa dela, ele não teve coragem de dizer a ela a notícia, e se declarou como Seymour. No dia seguinte, Armin deu o cargo de diretor de uma escola para o verdadeiro Skinner, enquanto ele voltou para Capitol City.

Marge, a Sra. Skinner e Sra. Krabappel resolvem tentar trazer o velho Skinner de volta. Graças a autoridade que Agnes adquiriu sobre Armin, ele decide voltar a Springfield e retomar o cargo de Diretor. O Diretor Skinner fica furioso ao saber que "ele deu a vida dele para Springfield" e "não recebeu nenhuma dignidade". Para manter a dignidade de Skinner e o "obrigado", o povo de Springfield amarra Skinner a uma cadeira que se parte no vagão de um trem. Um juiz declara que a partir daquele dia, Armin Tamzarian será chamado de Seymour Skinner, e quem tocasse no assunto seria torturado.

ProduçãoEditar

"The Principal and the Pauper" foi o último episódio escrito por Ken Keeler, quem também teve a idea original. Keeler nomeou o falso Seymour Skinner, Armin Tamzarian, através de um amigo que havia lhe ajudado em um acidente automobilístico.[2] Tamzarian, que mais tarde tornou-se um advogado, não sabia que tinham usado o seu nome até o episódio terminou.[3]

Muitos fãs acreditam que o episódio é baseado na história de Martin Guerre ou o filme de 1993 Sommersby.[2][4] No entanto, Keeler disse que foi inspirado no caso Tichborne, que ocorreu na Inglaterra no século XIX. O título original do episódio é uma referência ao livroThe Prince and the Pauper por Mark Twain.[5]

ConcepçãoEditar

Ken Keeler, o escritor do episódio, contra as críticas, disse:

Esse [episódio] é sobre uma comunidade de pessoas que gostam de coisas do jeito que são. Skinner não é realmente alguém próximo, é um personagem menor, mas ainda assim fica com raiva quando alguém chega e diz: "Isso não é como as coisas são na realidade", e expulsam o mensageiro da cidade em um trem. Quando o episódio foi lançado, uma comunidade de pessoas que gostam de coisas do jeito que são ficaram realmente irritados. Nunca ninguém disse que este episódio é sobre as pessoas que odeiam essas coisas.[2]

Os produtores Bill Oakley e Josh Weinstein se demonstraram animados sobre o episódio porque Skinner foi um dos seus personagens favoritos. A dupla já havia escrito o episódio da quinta temporada "Sweet Seymour Skinner's Baadasssss Song", que foi um estudo em profundidade do personagem. Oakley disse que ele e Weinstein passaram "um mês imenso na mente de Seymour Skinner" para preparar esse episódio, e a partir desse ponto em diante, aproveitaram todas as oportunidades para "mexer com a personalidade e o passado [de Skinner]".[3]

Descrevendo o real Seymour Skinner, Keeler comentou que: "Teria sido fácil fazer dele um personagem realmente horrível e desagradável, mas não fizemos isso. Fizemos ele apenas não estando certo [...]".[6] Bill Oakley disse que a ideia por trás do personagem é que ele "só faltava um toque especial".[7] Os produtores selecionaram Martin Sheen para fazer a voz do personagem, porque admirava seu desempenho em Apocalypse Now e sentiu que sua voz seria apropriada para um veterano do Vietnã.[8]

Referências

  1. Gimple, Scott M. (1 de dezembro de 1999). The Simpsons Forever!: A Complete Guide to Our Favorite Family ...Continued. [S.l.]: HarperCollins. p. 12. ISBN 978-0-06-098763-3 
  2. a b c Keeler, Ken. (2006). Commentário para "The Principal and the Pauper", em The Simpsons: The Complete Ninth Season [DVD]. 20th Century Fox, 4:25–5:00.
  3. a b Oakley, Bill. (2006). Commentário para "The Principal and the Pauper", em The Simpsons: The Complete Ninth Season [DVD]. 20th Century Fox, 15:33–15:50.
  4. Millman, Joyce (25 de setembro de 1997). «Blue Glow: Salon's TV Picks». Salon.com  Acessado em 8 de janeiro de 2013.
  5. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome bbc
  6. Keeler, 14:20–14:34.
  7. Oakley, 14:38–14:41.
  8. Weinstein, Josh. (2006). Comentário para "The Principal and the Pauper", em The Simpsons: The Complete Ninth Season [DVD]. 20th Century Fox, 13:29–13:54.

Ligações externasEditar

The Principal and the Pauper no The Simpsons.com


  Este artigo sobre a série animada Os Simpsons é um esboço relacionado ao projeto The Simpsons. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.