O Projeto TianQin (chinês: 天琴计划) é uma proposta de observatório de ondas gravitacionais transportadas pelo espaço (detector de ondas gravitacionais) que consiste em três espaçonaves em órbita terrestre.[1] O projeto TianQin está sendo liderado pelo professor Luo Jun (chinês: 罗俊), presidente da Universidade Sun Yat-sen, e está baseado no campus de Zhuhai da universidade.[2] A construção da infraestrutura relacionada ao projeto, que incluirá um edifício de pesquisa, um laboratório em caverna ultrassilenciosa e um centro de observação, começou em março de 2016.[3]

TianQin
Planet - The Noun Project.svg Portal Astronomia

Referências

  1. «一箭九星 中国成功发射中巴地球资源卫星04A星等9颗卫星-中新网». www.chinanews.com. Consultado em 11 de novembro de 2021 
  2. Luo, Jun; Chen, Li-Sheng; Duan, Hui-Zong; Gong, Yun-Gui; Hu, Shoucun; Ji, Jianghui; Liu, Qi; Mei, Jianwei; Milyukov, Vadim (12 de janeiro de 2016). «TianQin: a space-borne gravitational wave detector». Classical and Quantum Gravity (em inglês) (3). 035010 páginas. ISSN 0264-9381. doi:10.1088/0264-9381/33/3/035010. Consultado em 11 de novembro de 2021 
  3. 金丹. «China-led project expected to enhance space research». www.chinadaily.com.cn. Consultado em 11 de novembro de 2021 
  Este artigo sobre exploração espacial é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.