Abrir menu principal

Tom Flores

jogador de futebol americano dos Estados Unidos

Thomas "Tom" Raymond Flores (nascido em 21 de março de 1937) é um mexicano-americano que é ex-treinador e jogador de futebol americano.

Tom Flores
No. 15/16/12     
Quarterback / Treinador
Informações pessoais
Data de nascimento: 21 de abril de 1937 (82 anos)
Local de nascimento: Fresno, California
Informação da carreira
Faculdade: Pacific
Jogador não-draftado em 1958
Estreou em 1960 pelo Oakland Raiders
Jogou pela última vez em 1969 pelo Kansas City Chiefs
História da carreira
 Como jogador:
 Como técnico:
Pontos altos na carreira e prêmios
Como jogador
Como treinador
Estatísticas de carreira na NFL até a temporada de 1969
TD–INT     93–92
Jardas     11,959
Rating     67.6
Estatísticas no NFL.com
Estatísticas no pro-football-reference.com

Ele e Mike Ditka são as duas únicas pessoas na história da National Football League a ganhar um Super Bowl como jogador, assistente técnico e treinador (Super Bowl IV como jogador dos Chiefs, Super Bowl XI como treinador adjunto dos Raiders e Super Bowl XV e Super Bowl XVIII como treinador dos Raiders). Flores também foi o primeiro quarterback hispânico e o primeiro treinador minoritário na história do futebol americano profissional a ganhar um Super Bowl.[1]

Até sua demissão em 2018, Flores serviu como locutor de rádio da Raiders Radio Network.[2]

Índice

Carreira como jogadorEditar

Flores jogou como quarterback por duas temporadas no Fresno City College, começando em 1955. Ele era ativo também fora do campo, atuando no Conselho Estudantil como Presidente dos Estudantes Associados. Ele recebeu uma bolsa acadêmica para estudar no Colégio (agora Universidade) do Pacífico. Flores se formou na Universidade do Pacífico em 1958, mas não conseguiu emprego no futebol americano profissional.

Ele foi cortado pelo Calgary Stampeders da CFL em 1958, após o qual ele passou a temporada com os Salinas Packers da Pacific Football Conference, juntamente com seu futuro companheiro de equipe nos Raiders, transformado em wrestler profissional, Don Manoukian. Uma segunda tentativa de entrar no futebol americano profissional no Washington Redskins da National Football League (NFL), em 1959, também fracassou.

Em 1960, Flores finalmente conseguiu uma vaga como quarterback no Oakland Raiders da NFL, que começou a jogar em 1960 como membro fundador da liga. Ele foi escolhido como titular no início da temporada, tornando-se o primeiro quarterback latino-americano no futebol americano profissional.

Flores teve sua temporada mais produtiva em 1966. Apesar de ter completado apenas 49,3% de suas tentativas de passes, ele passou para 2.638 jardas e 24 touchdowns em 14 jogos.[3] Oakland o trocou com o Buffalo Bills em 1967. Depois de servir principalmente como reserva de Jack Kemp, ele foi dispensado pelos Bills após aquela temporada (uma jogada que se revelaria um erro, já que Kemp se machucaria em 1968 e a equipe não teria um reserva competente). Flores assinou com o Kansas City Chiefs em 1969, onde ele foi o reserva de Len Dawson no Super Bowl IV, que os Chiefs venceram. [4]

Ele se aposentou como jogador após a temporada de 1970. Ele era um dos vinte jogadores que estavam na AFL por toda a sua existência de dez anos. Ele é o quinto na história da AFL em passes.

Em 1988, Flores foi introduzido no Hall of Fame do Condado de Fresno. Em 2007, Flores foi introduzido no California Sports Hall of Fame. Em 2011, ele também foi introduzido no Hall of Fame da California Community College Athletic Association. Em julho de 2011, Flores recebeu o distinto Prêmio Roberto Clemente de Excelência Esportiva, concedido pelo Conselho Nacional de La Raza por contribuições na sociedade de um atleta hispânico. Em 2012, ele também foi introduzido no Bay Area Sports Hall of Fame.

Carreira como treinadorEditar

Após passagens como assistente técnico no Buffalo Bills e Oakland Raiders (ele ganhou o Super Bowl XI como assistente técnico de John Madden), Flores tornou-se o treinador dos Raiders em 1979, após a aposentadoria de Madden.

Em 1980, Flores liderou os Raiders para vencer o Super Bowl XV sobre o Philadelphia Eagles (27-10).[5] Esta foi a primeira equipe vindo do wild card a vencer o Super Bowl e a única equipe a vencer quatro jogos de pós-temporada a caminho de um título até que o Denver Broncos realizou o mesmo feito em 1997. Flores então se mudou com a equipe para Los Angeles em 1982. Em 1983, Flores levou os Raiders para outra vitória no Super Bowl (XVIII) sobre o Washington Redskins (38-9).[6] No total, o técnico Flores ganhou 8 de 11 (72,7%) jogos na pós-temporada. Ele foi nomeado Treinador do ano da AFC pela United Press International e pela Football Writer's Association em 1982.

Flores foi o primeiro treinador de minoria da NFL a ganhar um Super Bowl, vencendo duas vezes - Super Bowl XV com o Oakland Raiders e Super Bowl XVIII com o Los Angeles Raiders.

Depois de um recorde de 5-10 na temporada de 1987, Flores mudou-se para o escritório dos Raiders, mas saiu depois de apenas um ano para se tornar o presidente e gerente geral do Seattle Seahawks. Ele voltou ao posto de treinador nos Seahawks em 1992, mas foi demitido na temporada de 1994, após três temporadas decepcionantes.[7]

Suas 83 vitórias com os Raiders é a segunda maior marca na história da franquia, atrás apenas de Madden. Flores deixou o futebol profissional com um recorde de 97-87 (52,7%), assim como um recorde de 8-3 na pós-temporada, com duas vitórias no Super Bowl.

Flores, Jimmy Johnson e George Seifert são os únicos treinadores elegíveis com duas dessas vitórias que não foram selecionados para o Pro Football Hall of Fame.

Recorde como treinador principalEditar

Time Ano Temporada regular Pós-Temporada
Vitória Derrota Empate Classificação Vitória Derrota Resultado
OAK 1979 9 7 0 4th na AFC West
OAK 1980 11 5 0 2nd na AFC West 4 0 Campeão do Super Bowl XV.
OAK 1981 7 9 0 4th na AFC West
RAI 1982 8 1 0 1st na AFC 1 1 Perdeu para New York Jets no Segundo Round da AFC
RAI 1983 12 4 0 1st na AFC West 3 0 Campeão do Super Bowl XVIII.
RAI 1984 11 5 0 3rd na AFC West 0 1 Perdeu para Seattle Seahawks no Wild Card da AFC
RAI 1985 12 4 0 1st na AFC West 0 1 Perdeu para New England Patriots no Divisional Round da AFC
RAI 1986 8 8 0 4th na AFC West
RAI 1987 5 10 0 4th na AFC West
OAK/RAI 83 53 0 8 3
SEA 1992 2 14 0 5th in AFC West
SEA 1993 6 10 0 5th in AFC West
SEA 1994 6 10 0 5th in AFC West
SEA 14 34 0
Total 97 87 0 8 3

Pós-Futebol americanoEditar

De 1997 até sua demissão em 2018, Flores foi comentarista ao lado do narrador Greg Papa na Raiders Radio Network.

Flores foi como treinador da equipe americana no NFLPA Collegiate Bowl de 2011.[8]

Vida pessoalEditar

Flores nasceu em 21 de março de 1937 em Fresno, Califórnia. O estádio de futebol da Sanger High School tem o nome de "Tom Flores Stadium" em homenagem a Flores, que se formou em Sanger. Ele dirige a Fundação Juvenil Tom Flores, que beneficia crianças no distrito da Escola Sanger nos campos da arte, ciência e esportes.

Em 1961, Flores se casou com Barbara Fridell. Juntos, eles têm filhos gêmeos e uma filha, três netos e duas netas.

Flores possui um doutorado honorário da Pepperdine University de serviço humanitário. Sua biografia “Fire in the Ice Man” foi lançada em 1992. Flores também é co-autor de “Tales of the Oakland Raiders” (2002). Tom ainda está envolvido com os Raiders em vários eventos.

Referências

  1. «Tom Flores, Jim Plunkett blazed path to Raiders popularity in Mexico». ESPN.com (em inglês). 21 de novembro de 2016. Consultado em 6 de janeiro de 2019 
  2. Kawahara, Matt (19 de julho de 2018). «Tom Flores says he's out as Raiders radio analyst». SFGate. Consultado em 6 de janeiro de 2019 
  3. «Tom Flores Stats». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 6 de janeiro de 2019 
  4. «Super Bowl IV - Minnesota Vikings vs. Kansas City Chiefs - January 11th, 1970». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 6 de janeiro de 2019 
  5. «Super Bowl XV - Oakland Raiders vs. Philadelphia Eagles - January 25th, 1981». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 6 de janeiro de 2019 
  6. «Super Bowl XVIII - Washington Redskins vs. Los Angeles Raiders - January 22nd, 1984». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 6 de janeiro de 2019 
  7. «Business | Seahawks Fire Flores And His Entire Staff -- Successor Not Named; Walsh Role Possible | Seattle Times Newspaper». community.seattletimes.nwsource.com. Consultado em 6 de janeiro de 2019 
  8. Alper, Josh (7 de novembro de 2011). «NFLPA will hold pre-draft game in Los Angeles». ProFootballTalk (em inglês). Consultado em 6 de janeiro de 2019 

Ligações externasEditar