Tratado de Londres (1518)

O Tratado de Londres (também designado por Tratado de Paz Universal), foi um pacto de não-agressão entre as grandes nações europeias, estabelecido em 1518. Os signatários foram a França, Inglaterra, Sacro Império Romano, o Papado, Espanha, Borgonha e os Países Baixos, em que todos acordaram não se atacar uns aos outros e auxiliarem todos os que forem atacados.[1]

O tratado foi concebido e patrocinado pelo Cardeal Wolsey e por isso veio a ser assinado pelos embaixadores das nações interessadas em Londres.[2] Este tratado foi uma resposta ao crescente poder do Império Otomano.[carece de fontes?]

Referências

  1. Tudor History. Treaty of London
  2. «Henry VIII and Cardinal Wolsey, History at University of Wisconsin». Consultado em 31 de janeiro de 2009. Arquivado do original em 15 de setembro de 2007 
  Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.