Trivia (mitologia)

Trivia, na Roma Antiga, era a deusa das "encruzilhadas assombradas, cemitérios e deusa da feitiçaria e bruxaria, ele vagava à noite e foi notada apenas pelo latido dos cães que denunciaram sua aproximação."[1] Ela foi a equivalente da deusa grega Hécate, a deusa da feitiçaria, a encruzilhada de três vias e a lua cheia.[2] Ela foi uma deusa-titãnide do submundo que ajudou Júpiter na Titanomaquia e, portanto, foi capaz de manter seus poderes. Ela era amiga de Ceres e a ajudou a encontrar sua filha Proserpina (cujo pai era Jupiter). Como parte de seu papel como deusa do submundo, ela era conhecida como Rainhas dos Fantasmas. Embora tenha ajudado Ceres a encontrar sua filha, foi também conhecida por roubar jovens donzelas para ajudá-la em seus poderes. Essas donzelas mais tarde se tornaram as ninfas.

Seu nome ajuda a entender a etimologia da palavra "trivial", sendo formada por "tri" (três) + "via" (via), ou seja, a encruzilhada entre três vias que forma o local comum, ordinário, de conhecimento geral, trivial.[3]

Referências

  1. Zimmerman, J E. (1964). "Trivia". Dictionary of Classical Mythology. New York: Harper & Row. p. 278.
  2. Kravitz, David (1975). "TRIVIA". Who's Who in Greek and Roman Mythology. New York: Clarkson N. Potter, Inc. p. 231. ISBN 0-517-52746-4.
  3. ONLINE ETYMOLOGY DICTIONARY. Trivial. Disponível em: <http://www.etymonline.com/index.php?term=trivial>. Acesso em: 15 de abr. 2016.