Ulifo (em grego: Ούλιφος; romaniz.:Oúliphos; em latim: Ulifus) foi um oficial bizantino do século VI, ativo durante o reinado do imperador Justiniano (r. 527–565). Aparece em 545, quando era um doríforo da guarda de Cipriano. Na ocasião, aceitou o suborno do rei Tótila (r. 541–552), assassinou Cipriano em Perúsia e fugiu para junto dos godos. Em 552, foi cocomandante com Meligédio da guarnição gótica na Perúsia. Ele opôs-se a Meligédio que queria entregar a cidade para o general Narses e foi morto com seus homens na batalha resultante.[1]

Ulifo
Nacionalidade Império Bizantino
Ocupação Oficial

Referências

  1. Martindale 1992, p. 1389.

Bibliografia editar

  • Martindale, John R.; Jones, Arnold Hugh Martin; Morris, John (1992). «Ulifus». The Prosopography of the Later Roman Empire - Volume III, AD 527–641. Cambrígia e Nova Iorque: Imprensa da Universidade de Cambrígia. ISBN 0-521-20160-8