Um-dois, é uma terminologia do futebol dita quando um jogador toca a bola para um segundo jogador e se desloca, para receber um passe de primeira do segundo jogador.

Foi concebido e desenvolvido em 1949 por Arthur Rowe, que era o então treinador do Tottenham Hotspur.[1] Em 1951, o clube tornou-se a primeira equipe a sagrar-se campeã da Segunda e da Primeira divisões de forma consecutiva.[2]

Nos países latinos — na Argentina, principalmente — este lance é conhecido por "toco y me voy"[3]

Referências

  1. Lanfranchi, Pierre; Taylor, Matthew (2001). Moving with the Ball: The Migration of Professional Footballers. [S.l.]: Berg Publishers. p. 203. ISBN 1-85973-307-7. Consultado em 20 de julho de 2008 
  2. Bolchover, David; Brady, Chris (2006). The 90-minute Manager: Lessons from the Sharp End of Management. [S.l.]: Pearson Education. p. 282. ISBN 0-273-70830-9. Consultado em 20 de julho de 2008 
  3. df.superesportes.com.br/ Toco y me voy
  Este artigo sobre desporto/esporte é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.