Umberto Saba

Umberto Saba (pseudónimo de Umberto Poli, Trieste, 9 de março de 1883Gorizia, 25 de agosto de 1957) foi um poeta e romancista da Itália,[1] por vezes considerado participante da tendência poética italiana chamada de hermetismo, mas também considerado como um negador deste.[2] Saba fazia parte do círculo de artistas proeminentes de Trieste, que incluía seu amigo de longa data e outro grande poeta triestino Virgilio Giotti.[3]

Referências

  Este artigo sobre um poeta ou uma poetisa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.