Umidade do solo

Representação esquemática das três fases constituintes de um solo: partículas sólidas, água e ar.
Notações: à esquerda, volumes (V) e, à direita, pesos (W) (weight em inglês).

A umidade do solo (português brasileiro) ou teor em água (português europeu) é definida como a massa da água contida em uma amostra de solo dividido pela massa de solo seco , sendo expressa em quilogramas de água por quilogramas de solo, ou, multiplicando-se por 100, tem-se em percentagem.

Para determinação do peso seco e da massa de água, o método tradicional é a secagem em estufa, na qual a amostra é mantida com temperatura entre 105 °C e 110 °C, até que apresente peso constante, o que significa que ela perdeu a sua água por evaporação.

O peso da água é determinado pela diferença entre o peso da amostra e o peso seco .

Desta forma temos:

No Brasil a determinação da umidade do solo é padronizada pela NBR 06457[1]. Em Portugal segue-se a Norma Portuguesa NP 84:1965 (Ed. 1) – Solos. Determinação do teor em água.

Referências

  1. «ABNT NBR 6457:2016 Versão corrigida:2016». ABNT. Consultado em 28 de agosto de 2019 

Ver tambémEditar

  Este artigo sobre engenharia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.