Unione Sportiva Salernitana (1919)

Unione Sportiva Salernitana foi um clube de futebol italiano. Era sediado em Salerno, na província de Salerno, Itália.

HistóriaEditar

Em 1913, dois anos após a dissolução da pioneira Unione Sportiva Salernitana, surgiram equipes diferentes na cidade de Salerno: Foot-Ball Club Salerno[1] (de camisa branca), Settembrini (Foot-Ball Club Settembrini[1][2] ou, dependendo das fontes, Società Sportiva Luigi Settembrini[3]), Vigor Salerno, Juniores Giovine Italia[1], Foot-Ball Club Campania, Società Ginnastica Pro Salerno, bem como o Sport Club Audax Salerno.[1][2]

As equipes mencionadas se enfrentaram em jogos não-oficiais, e entre os primeiros jogos, o amistoso Salerno-Settembrini, que terminou 2-0.[3] As equipes pioneiras de Salerno competiram regionalmente através de torneios amistosos.[2] Entre as mais conhecidos destas equipas estava o já mencionado Foot-Ball Club Salerno, cujo presidente e fundador Donato Vestuti, era um jornalista profissional e editor da revista Il Giornale della Província'.[4]

O jornal de Vestuti organizou o torneio, que teve a participação de quase todos os clubes listados acima, alguns dos quais competiram com mais de uma equipe (por exemplo, na segunda edição, o Salerno foi representado pelo primeiro, segundo e terceiro time, e o Juniores Giovine Italia pela primeira e segunda equipe). Se a primeira edição do torneio provincial, ganhou uma das formações do clube de Vestuti, na segunda edição, o campeão é desconhecido.[3]

Com a eclosão da Primeira Guerra Mundial, no entanto, as atividades de futebol da cidade foram interrompidas, uma vez que o próprio Vestuti foi chamado às armas, e morreu durante a guerra [1]. Com o fim das hostilidades, em 1919 jogadores e gerentes voltaram a jogar nas equipes que anteriormente eram ativas até 1915.[2] exceto o Audax que abandonou o futebol, Matteo Schiavone[5][6] (ex-jogador, goleiro, e dirigente do FBC Campania [3][7]) para formar uma nova associação esportiva [3] capaz de absorver a experiência da Società Sportiva Giovani Esploratori.[2]

 
Vincenzo Giordano (a sinistra, l'allenatore) e Matteo Schiavone (a destra, di ruolo portiere) in una delle primissime formazioni della Salernitana del 1919

Em Salerno, 19 de junho de 1919, em Corso Umberto I n. 67, um grupo de acionistas liderados por Matteo Schiavone (ex-jogador de futebol e líder do Foot-Ball Club Campania) deu forma à Unione Sportiva Salernitana, clube desportivo em que Adalgiso Onesti foi o primeiro presidente.[7] O uniforme do time de futebol prossuía uma camisa com listras verticais brancas e celestial alternado, enquanto primeiro logotipo corporativo da empresa era uma coroa acompanhada pela sigla "U.S.S.". Sobre a escolha das cores iniciais, diz-se que a escolha foi fortuita, pois foi derivada precisamente de dez malhas que a empresa foi capaz de fazer disponíveis.[8]

Entre as atividades do clube, além do futebol, que foi inicialmente praticado em áreas não regulamentares, como na Praça dos Mártires e da Praça do Mercado Velho,[6] estavam natação, ciclismo, Atletismo, remo, boxe, e luta.[9] As primeiras atividades desportivas organizadas pela Salernitana foi uma corrida, em que os competidores eram não só de Salerno, mas também de outras partes do Campania.[7][9] No futebol, havia o clássico contra o Caves, que inicialmente venceu a Salernitana, na Copa do Marquês Imperial, por 3-1. Porém, na sequência de amistosos, a Salernitana venceu por 6-0, 4-1 e 3-1.[10]


A participação no torneio maior ainda não era simples: Salernitana apresentou inicialmente problemas de naturezas técnica e econômica.[11]

 
Una formazione della Salernitanaudax 1924-1925

Com a subida do Sporting Clube Audax à primeira divisão,[12] durante o ano de 1922, chegou-se a um acordo para unir forças, através de uma fusão entre as duas associações de Salerno. A fusão levou ao nascimento do Sports Club Salernitanaudax[13], entidade que manteve o caráter de clube desportivo, o que não aconteceu sem controvérsia, especialmente por parte do Audax e seu presidente Guasco.[12]

O Salernitanaudax, por sua vez, durou somente até 1925, sendo extinto em seguida.[14][15]

Referências

  1. a b c d e
    Vitale
    — pp. 12-13
  2. a b c d e
    Fontanelli
    — p. 13
  3. a b c d e
    Carella
    — pp 22-30
  4. «AlbodoroItalia.it - Campania-Salerno-Eboli» 
  5. «U.S. Salernitana, storia di un grande amore per la gioia di una splendida tifoseria». Granatissimi.com. Consultado em 6 de outubro de 2014 
  6. a b «Salernitana, 95 anni di passione». Freelancenews.it. Consultado em 6 de outubro de 2014 
  7. a b c
    Vitale
    — pp. 14-15
  8. Vitale
    — pp. 16-19
  9. a b «U.S. Salernitana, un capitolo fermo dal 1977». SoloSalerno.it. Consultado em 10 de outubro de 2012 [ligação inativa]
  10. Biagio Angrisani. «Cavese-Salernitana, 80 anni di derby». Panorama Tirreno. Consultado em 28 de setembro de 2014 
  11. Vitale
    — pp. 20-27
  12. a b «Dal 1922 al 1924: nasce la Salernitanaudax e si fonda la Pro Salerno». SalernoGranata.it. Consultado em 13 de outubro de 2014. Arquivado do original em 8 de julho de 2013 
  13. Vitale
    — p. 28
  14. «La Salernitana dal 1924 al 1928: l'onorevole Mario Jannelli». SalernoGranata.it. Consultado em 13 de fevereiro de 2017. Arquivado do original em 13 de fevereiro de 2017 
  15. Vitale
    — pp. 28-35

BibliografiaEditar

  • Simona Carboncini, Carlo Fontanelli (junho de 2000). I colori del calcio 1898-1929 : divise da gioco, curriculum, 173 squadre. Empoli: Geo Edizioni